Automania

Esportivo agora com série limitada

Renault Sandero R.S. Racing Spirit terá 1,5 mil unidades. Versão com incrementos estéticos custa R$ 66.440

Rio - O Renault Sandero R.S. ganhou uma série limitada, a Racing Spirit, de 1,5 mil unidades. Nela, entram em cena os pneus Michelin Pilot Sport 4 205/45, que calçam rodas de 17 polegadas com pinças de freio e a parte central pintadas em vermelho. A mesma cor também preenche o contorno inferior do para-choque exclusivo, com linhas encontradas no carro de F1, além de espelhos retrovisores, difusor e a faixa lateral que se apresenta como logo da variante especial.

Renault Sandero desfila de roupa nova em série especial Divulgação

No interior, uma placa numerada perto do câmbio identifica a série. O revestimento do teto agora é preto e a protagonista cor vermelha está nos aros dos difusores do ar-condicionado e no contorno do velocímetro, dentro do quadro de instrumentos. Ela também marca sua presença nas costuras e faixas dos bancos. Painel central e maçanetas misturam esta com o acabamento em preto piano, outro elemento de sofisticação em automóveis. Volante e bancos em couro, assim como pedaleiras em alumínio seguem desde o primeiro R.S.

Interior recebeu predominância da cor vermelha no acabamento Divulgação

Ao preço de R$ 66.440, o Sandero R.S. Racing Spirit está equipado com LEDs diurnos, controles de tração (ASR) e estabilidade (ESP), assistente de partida em ladeiras, ar-condicionado automático, vidros elétricos dianteiros e traseiros, banco do motorista regulável em altura, controlador e limitador de velocidade, sensores de estacionamento, entre outros. O sistema multimídia é o Media NAV Evolution, com tela de sete polegadas operada por toque.

Mecânica atraente

O ‘hot hatch’ é equipado com motor 2.0 16V aspirado, de 145/150 cv e 20,2/20,9 kgfm de torque (gasolina/etanol), associado a câmbio manual de seis velocidades com relações curtas, que permite uma tocada mais esportiva. O Renault Sandero R.S. Racing Spirit acelera de 0 a 100 km/h em oito segundos, atingindo uma velocidade máxima de 202 km/h. Para performance respeitável em pista, o sistema de suspensão é incrementado para tal e os freios são a disco. O motorista pode guiar em três modos de direção — Standard, Sport e Sport + —, que alteram padrões de aceleração e os controles de tração e estabilidade.

Produzido na fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR), o modelo diferenciado fará aparição pública no Salão de Buenos Aires, que começa no dia 10 de junho na capital argentina.

Motor 2.0 16 V de 150 cv permanece na série especial Divulgação


Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie