Automania

Motos da Suzuki chegam às concessionárias do Rio

Cinco modelos da China e Taiwan estão sendo vendidos no Brasil. Loja de Botafogo comercializa scooters, montadas em Manaus

Rio - Quem passa por alguma concessionária da Suzuki de motocicletas já deve ter encontrado modelos de duas marcas diferentes, novas no mercado brasileiro: a chinesa Haojue e a taiwanesa Kymco. Pois é, por meio da JTZ, empresa ligada à J. Toledo, então representante da tradicional marca japonesa, os produtos dos dois outros países asiáticos também estão sendo comercializados no país. São cinco modelos de motocicletas, todas montadas em Manaus.

Cinco modelos chegam ao país Divulgação

Duas scooters da Kymco já estão também à venda: a People GTi 300, de R$ 18.990, com motor de 28,9 cv, com injeção eletrônica, transmissão automática CVT, freiosABS, espaço para dois capacetes embaixo do banco e carregador 12V; e a Downtown 300i, de R$ 19.990, mais o frete, com os mesmosrecursosdaprimeira, porém com motor de 29,7cvdepotência. Asnovidades podem ser adquiridas na Suzuki Ego Motos, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. “As expectativas são as melhores possíveis, pois são duas grandes marcas.

A Kymco é um dos maiores fabricantes de scooter do mundo, sendo Top 3 em vendas no exigente mercado europeu. E a Haojue, a maior fabricante de motos da China, graças à joint venture com a Suzuki, consegue aliar alta qualidade com baixo custo”, diz André Vechina, sócio da concessionária.

GIGANTE DO SEGMENTO

A Haojue é a maior fabricante de motos da China, com uma produção de três milhões de unidades por ano. A empresa é uma parceira da Suzuki na fabricação de modelos de baixa cilindrada, que são vendidos em diversos países do mundo. No Brasil, a opção mais acessível da estreante será a cub Nex, que custa R$ 5.590, mais o frete, e é equipada com motor monocilíndrico de 6,8 cv de potência, tanque de combustível de 4,1 litros, espaço para capacete embaixo do banco e alimentação por carburador.

OUTROS DOIS PRODUTOS

Por R$ 5.990, mais o frete, é possível adquirir os outros dois produtos da fabricante chinesa: o scooter Lindy 125, equipado com motor monocilíndrico de 8,4 cv de potência e injeção eletrônica, com bauleto de série, espaço para capacete embaixo do banco e o tanque de 5,5 litros; além da Chopper Road, que extrai 11,27 cv de potência do motor monocilíndrico, alimentação de combustível via carburador e tanque de nove litros.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie