Automania

Preste atenção aos sinais que seu carro te dá

Conheça alguns desses itens, e saiba quais os sinais que eles dão quando chega a hora de serem trocados ou de fazer manutenção

Você já deve ter visto filmes em que o carro ganha vida e começa a falar, como “Transformers” ou “Herbie: meu fusca turbinado”. Não pense que o veículo tem o dom de se comunicar apenas no mundo cinematográfico. Eles conseguem transmitir – ou melhor, sinalizar – problemas no carro, indicando que está na hora de fazer a manutenção em algum dos seus componentes.

Muitos dos componentes do carro não têm uma data de validade definida, por isso, quando chega a época de trocá-los, começam a avisar que estão falhando. Saber identificar esses sinais é importante para manter o bom funcionamento do veículo, pensando sempre na segurança de quem utiliza o carro.

Conheça alguns desses itens, e saiba quais os sinais que eles dão quando chega a hora de serem trocados ou de fazer manutenção.

Peças como amortecedor, mola, braço oscilante, pivô de suspensão e barra estabilizadora fazem parte do sistema de suspensão. Assim, fique atento a esses componentes. ODia

Limpador de para-brisa

Você pode até esquecer que precisa trocar as palhetas que ajudam a manter os vidros limpos, mas em algum momento a troca por novas precisa acontecer. E como saber o momento certo de fazer a substituição? Fácil. Quando o vidro não ficar totalmente livre da água depois do movimento de vai e vem da palheta, é sinal de que elas já se desgastaram, e então a troca é indispensável.

Suspensão

O sistema responsável pela estabilidade do veículo também precisa de atenção, e emite sinais quando está na hora de realizar a manutenção. Os ruídos estranhos são um desses indicativos de que você deve levar o carro a uma visita ao mecânico de sua confiança. É comum que, com o impacto em estradas esburacadas, a suspensão entorte e afete o volante, que fica duro e atrapalha a dirigibilidade.

Peças como amortecedor, mola, braço oscilante, pivô de suspensão e barra estabilizadora fazem parte do sistema de suspensão. Assim, fique atento a esses componentes e suas respectivas manutenções.

Embreagem

Os sinais de que a embreagem não está 100% podem ser notados quando os pedais estiverem duros, ou se a troca de marcha emperrar com frequência. Um indicativo comum que a embreagem precisa ser trocada é quando numa ladeira, por exemplo, é preciso acelerar e, por mais que o motor acelere, não há aumento de velocidade. Não existe uma quilometragem que determine quando a embreagem do carro deve ser trocada, por isso o motorista precisa ficar atento aos detalhes que podem sugerir algum problema com esse componente.

É a embreagem que permite um carro totalmente parado entre em movimento de forma suave. É composta de Platô, Disco e Colar que formam o Kit de Embreagem. ODia

Correia dentada

A troca da correia dentada vai depender muito do veículo. É importante verificá-la toda vez que for ao mecânico, já que se encaixa na chamada manutenção preventiva, que precisa ser realizada antes de ocorrer o problema. Danos na correia dentada tem efeito dominó. Ou seja, podem gerar prejuízo em outras peça e encarecer o serviço.

Rolamentos

Para identificar problemas no rolamento, é preciso ficar atento e saber identificar um barulho ou ronco diferente. Quando o rolamento está danificado, o ruído começa fraco e torna-se mais alto ao longo do tempo.

E é isso! Prestar atenção aos sinais que o carro dá é importantíssimo para manter não somente o veículo, mas a sua segurança. Conheça seu carro, aprenda sobre ele e - ao menor sinal de problema - procure um especialista!

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie