Automania

Indústria automobilística: sinais de recuperação

Mercado de automóveis começa a reagir e apresenta crescimento em novembro, o melhor do ano

Rio - O mercado de veículos leves retomou o crescimento. Dados da Fenabrave, a federação do setor, apontam que o segmento cresceu 10% no acumulado de janeiro a novembro quando comparado com o mesmo período do ano passado. Mais de 1,96 milhão de unidades foram comercializadas nesses meses no Brasil. Novembro agora cresceu 0,4% em relação a outubro e 13,6% na comparação com o mesmo mês de 2016, um salto de 173,5 mil veículos para 197,2 mil.

Em novembro, mercado de automóveis registrou média de 10,3 mil vendas diárias. Foi o maior número registrado desde abril de 2015, segundo a Fenabrave Reprodução Internet

No mês passado, as 197,2 mil unidades emplacadas significam que a média diária ultrapassou a marca de 10,3 mil unidades comercializadas. Foi o maior volume de vendas verificadas desde abril de 2015.

Na comparação de novembro com outubro, a média diária do mês passado foi 11% superior. Em outubro foram emplacados 9,3 mil unidades em cada um dos 21 dias úteis do mês. Quando os números são confrontados com novembro de 2016, o aumento é ainda mais expressivo: 19,6%, apesar de o mês ter tido três feriados este ano e apenas 19 úteis.

Na avaliação do presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o resultado de novembro ratifica a recuperação do setor: "A alta nos índices de confiança e a contínua queda na inadimplência, que registrou o menor índice desde 2011, fez com que o comprador voltasse às concessionárias. O aumento da oferta de crédito também tem impulsionado o crescimento do mercado neste momento e incentivado o cliente a efetivar sua compra", declara.

Automóveis em alta

Os automóveis seguem elevando o resultado total do segmento. De janeiro a novembro, eles foram responsáveis pelo aumento de 10,9% na comparação com mesmo período de 2016, fechando com um total de 1,68 milhão de unidades comercializadas. O mês de novembro registrou 168,8 mil emplacamentos, o que representa um crescimento de 1,23% sobre outubro e de 13,5% em relação a novembro do ano passado.

Na fatia dos comerciais leves foi verificado um crescimento nas vendas de 5,3% entre janeiro e novembro na comparação com igual período do ano passado. Em novembro deste ano, no entanto, os emplacamentos foram 4,7% menores em relação ao mês de outubro. Quando observados os números de novembro de 2016, novamente um salto, de 14%.

GM Onix segue sendo o mais vendido do Brasil Divulgação

Onix na liderança

Com 18.611 unidades emplacadas, o hatch compacto da Chevrolet bate um novo recorde de vendas, sendo o automóvel mais vendido do Brasil. De janeiro a novembro, foram 171.148 exemplares comercializados e 37,83% de participação no seu segmento. O modelo é seguido do Hyundai HB20, com 96.769, e pelo Ford Ka, com 87.012.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie