Honda Civic ganha nova cor e fica mais caro na linha 2019

Vice líder entre os sedãs médios, o modelo já havia passado por mudanças em janeiro

Por O Dia

Modelo encareceu, ao menos, dois mil reais em cada versão disponível
Modelo encareceu, ao menos, dois mil reais em cada versão disponível -

Rio - A Honda lançou, nesta quinta-feira, a linha 2019 do Civic. O sedã, que é o vice líder do segmento, ganhou uma nova tonalidade metálica de pintura (Azul Cósmico), manteve o bom nível de equipamentos, mas ficou mais caro. Ainda vendido em cinco versões, com duas opções de motores, o modelo tem preços a partir de R$ 91 mil.

A pequena novidade é o resultado de uma mudança recente no modelo, que aconteceu em janeiro, quando as versões mais básicas (Sport e EX), passaram a contar, já de série, com uma central multimídia. Compatível com Apple Car Play e Android Auto, a ausência do sistema era incompatível com a precificação do modelo.

Assim como a linha anterior, o Civic 2019 segue disponível em quatro versões: Sport (R$ 91.400 manual e R$ 98.900,00 CVT), EX (R$ 102.400), EXL (R$ 108.900) e Touring (R$ 127.600). Todas elas encareceram, em média, dois mil reais.

Na parte mecânica, a Honda também não fez nenhuma mudança. O Civic traz duas opções de transmissão: manual de seis velocidades e uma automática CVT, além de duas opções de motorização: 2.0 aspirado de 155 cavalos, para as versões Sport, EX e EXL e 1.5 Turbo, que rende 173 cavalos para a versão topo Touring.

Em todas as configurações, o Civic traz equipamentos importantes. Entre eles, se destacam ar-condicionado digital, freio de estacionamento eletrônico com função Brake-Hold, que tira a obrigação de permanecer com o pé no freio em paradas rápidas, como sinais e congestionamentos. Além disso, o modelo também oferece controle de cruzeiro e botão ECON de modo de condução econômico.

Para garantir a segurança, as versões trazem ainda seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, sistema de vetorização de torque baseado em frenagem, dentre outros equipamentos de segurança, conforto e comodidade.

Vale ressaltar que o Civic já ganhou sua primeira atualização no mercado norte-americano, mudança que ainda deve demorar para chegar aqui. Talvez apenas na linha 2020. Outra mudança vista na terra do 'Tio Sam' é a adoção de mais itens de tecnologia, como assistente de permanência em faixa, alerta de colisão frontal com sistema de frenagem automática de emergência e controle de cruzeiro adaptativo.

Galeria de Fotos

Modelo encareceu, ao menos, dois mil reais em cada versão disponível Divulgação
Modelo ganhou nova tonalidade azul metálica para pintura da carroceria Divulgação

Últimas de Automania