Novo Ford GT para pilotos amadores

O superesportivo Carbon Series tem partes da carroceria em fibra de carbono e um visual exclusivo

Por O Dia

Segundo a Ford, configuração foi desenvolvida a partir de sugestões de clientes -

O superesportivo Ford GT terá uma edição limitada com peças de fibra de carbono e visual exclusivo. Chamada de Carbon Series, a nova versão é voltada para pilotos amadores, que poderão usar o bólido com motor V6 de 647 cavalos para corridas em pistas ou para dirigir de volta para casa. Diferentemente do modelo de competição, o Ford GT Carbon Series tem ar-condicionado e multimídia SYNC 3. Mas abre mão de alguns itens, como porta-copos e porta-objetos para manter o peso sob controle. Seu peso total é 18 quilos mais leve, graças às inovações como rodas de fibra de carbono, escapamento e parafusos de titânio e tampa traseira de policarbonato com ventilação adicional.

Visualmente, a terceira edição especial do Ford GT se destaca pelos itens de fibra de carbono aparente nas duas faixas centrais, nas colunas A, nos painéis inferiores e rodas. As capas dos retrovisores, a faixa central e as pinças de freio são configuráveis, com quatro opções de cores (prata, laranja, vermelho ou azul). Na cabine, o Ford GT Carbon Series exibe fibra de carbono nas soleiras, comandos de ar e console central. Ele também conta com bancos de padrão exclusivo, com costura prateada repetida no volante, borboletas em alumínio e distintivo exclusivo no painel. Sob o capô, a versão mantém o motor V6 de 3,5 litros biturbo capaz de gerar impressionantes 647 cavalos de potência e 76 quilos de torque.

VELOCIDADE DE 347 KM/H

Graças a esses números, o modelo acelera até 347 km/h. Além disso, o supercarro da Ford vem equipado com uma suspensão hidráulica especial que apresenta um modo de corrida. O sistema rebaixa o carro em cerca de duas polegadas. Também prepara o trem de força e o chassi para o máximo desempenho.

Desempenho em vendas

Para Lance Mosley, gerente de marketing da Ford Performance, a versão foi pensada a partir de pedidos feitos pelos próprios clientes, entusiastas de um modelo do tipo. "Muitos fãs do Ford GT de competição pediram mais fibra de carbono aparente, ar-condicionado e rádio no veículo. Desenvolvemos a Série Carbon para atender essa necessidade, oferecendo também um estilo único", explica.

A atual geração do Ford GT foi lançada no ano passado com uma produção limitada a mil unidades durante quatro anos. Contudo, logo nos primeiros meses, foram solicitadas 6,5 mil unidades do modelo, o que levou a montadora a adiar esse prazo-limite em mais dois anos e dobrar o turno para a fabricação de outros superesportivos. De acordo com a marca, serão produzidas 350 unidades a mais que o planejado inicialmente.

Galeria de Fotos

Interior conta com ar-condicionado e central multimídia SYNC 3 fotos Divulgação
Rodas, paineis inferiores e partes do interior são em fibra de carbono Divulgação
Segundo a Ford, configuração foi desenvolvida a partir de sugestões de clientes Divulgação
Versão supercarro com mordomias também utiliza motor V6 que rende 647 cavalos de potência. Serão produzidas 350 unidades a mais que o planejado inicialmente Divulgação

Comentários

Últimas de Automania