Empresas desenvolvem primeira moto feita em impressão 3D

Chamada de Nera, engenhoca elétrica foi toda fabricada no mesmo material plástico, com exceção do motor e da bateria

Por Lucas Cardoso

Nera moto em 3D
Nera moto em 3D -

Rio - Com um visual pra lá de moderno, foi lançada uma moto que vai revolucionar o segmento. Criada pela empresa alemã BigRep em parceria com a NOWlab, a Nera surge com o status de ser a primeira motocicleta do mundo com impressão 3D. O nome de batismo é a combinação entre as palavras 'novo' e 'era' de uma invenção movida a energia elétrica. Montado só com 15 peças em sua estrutura, o veículo apenas não tem impressas as partes do motor e da bateria. O seu visual remete a um origami, com rodas e pneus 'sem ar'.

A iluminação na dianteira e traseira é do tipo LED. Outra inovação da inusitada criação são os para-choques flexíveis. Com aspecto aerado, as peças garantem mais conforto para piloto e evitam a quebra de componentes. O peso total da moto é de apenas 60 quilos.

Segundo os fabricantes, a moto foi desenvolvida com intuito de mostrar o quanto as impressoras 3D são versáteis. "Esta moto e nossos outros protótipos levam a criatividade da engenharia ao limite e transformam a tecnologia AM (impressão 3D) como a conhecemos", afirma Daniel Büning, diretor-executivo da NOWlab.

Em vídeo no YouTube

Em um vídeo divulgado pela marca na sua página do YouTube, é possível ver a moto em ação. No entanto, ela ainda não parece ser muito segura. Nas imagens, um piloto de testes parece se desequilibrar algumas vezes enquanto guia a 'engenhoca'.

A marca não divulgou nenhuma característica técnica sobre a invenção, como velocidade máxima, autonomia da bateria, potência ou segurança.

Galeria de Fotos

Nera moto em 3D Divulgação
Nera moto em 3D Divulgação
Moto elétrica só acomoda o piloto. Iluminação é toda em LED fotos Divulgação
Nera moto em 3D Divulgação

Últimas de Automania