Brasil

Goleiro Bruno se entrega e será encaminhado para presídio de Varginha (MG)

Atleta do Boa Esporte havia se entregado na terça, mesmo dia da decisão, mas mandado só foi expedido nesta quinta

Minas Gerais - O goleiro Bruno Fernandes se entregou, na tarde desta quinta-feira, na delegacia regional de Varginha (MG), em cumprimento a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que revogou, na terça-feira, a liminar que mantinha o atleta livre. 

O goleiro do Boa Esporte havia se apresentado no mesmo dia, mas foi liberado pois o mandado de prisão ainda não tinha sido expedido. Após passar por exames de corpo de delito, ele será levado para o presídio do município.

O goleiro estava em liberdade desde o dia 24 de fevereiro, graças a uma liminar do ministro do STF, Marco Aurélio Mello, que concedeu habeas corpus ao goleiro. A defesa de Bruno argumentou que o jogador tem bons antecedentes e que o recurso contra a condenação ainda não foi apreciado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Por três votos a um, a Suprema Corte derrubou a liminar.

Goleiro Bruno em teste físico antes de estrear no Boa Esporte Reprodução Instagram

Em março de 2013, Bruno foi condenado a 22 anos e seis meses de prisão. Até o momento, ele cumpriu seis anos e sete meses de detenção no regime fechado.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie