Alvaro Dias ganha fôlego na disputa presidencial

O PRP - que tem os generais Paulo Chagas, ao governo, e Augusto Heleno, ao senado, com chapa no DF - também fechou com Dias

Por Leandro Mazzini

Brasília - O PRP - que tem os generais Paulo Chagas, ao governo, e Augusto Heleno, ao senado, com chapa no DF - também fechou com Alvaro Dias (Pode) na chapa presidencial, além do PSC de Rabello de Castro, anunciado como o vice. Nome importante nessa interlocução PSC-Pode foi o deputado Alfredo Kaefer (PP-PR).

Apesar de recém-filiado ao PP, Kaefer fez a intermediação entre Pr. Everaldo, presidente do PSC, e Alvaro - a quem vai apoiar no Paraná. O deputado foi peça fundamental no xadrez da coalizão que dará mais de um minuto de TV ao senador presidenciável.

Mais tempo

Há mais partidos pequenos em negociação com Alvaro até dia 5, o que pode lhe render quase dois minutos de rádio e TV - isso pode fazer a diferença na campanha.

Por trás

Bolsonaro (PSL) tem um 'marquetólogo' - assim chamado no staff. Lucas Salles, 55 anos, de João Pessoa, cuida da imagem e marketing digital do presidenciável.

Marcha Lulista

O PT pretende reunir milhares de militantes dia 15 na porta do TSE para o registro de candidatura do detento Lula da Silva à Presidência. Na chamada 'Marcha para o TSE'.

Presentão

A Comissão de Ética Pública da Presidência deu um presentão para o ex-presidente da Petrobras Pedro Parente, que pediu demissão, ao liberá-lo de quarentena para assumir cargo de presidente do conselho da BR Foods, a brasileira que é uma das maiores do mundo em alimentação - cargo este que já ocupa desde o dia seguinte à saída da petroleira.

Dois pesos

Mas a CEP Não fez o mesmo com o ex-presidente da Funai Franklinberg de Freitas, que será chamado a se explicar por se tornar conselheiro de uma mineradora no Pará.

Perdidão

Um exemplo de como o presidente Michel Temer anda com a cabeça longe do Poder. Em outras palavras, ao derrubar a MP 841 (Fundo Nacional de Segurança Pública), deu a entender que não sabia que a medida retirava dinheiro de programas da Cultura e do Esporte. E são centenas de milhões de reais.

Inspeção

Sob relatoria do ministro Weder de Oliveira, o Tribunal de Contas da União vai iniciar nos próximos dias auditoria no Ministério da Agricultura para avaliar a fiscalização e a inspeção agropecuária realizadas pela pasta.

Carne fraca

O tribunal identificou 'fragilidades' nas atividades de fiscalização 'evidenciadas em operações realizadas recentemente pela Polícia Federal, como a Carne Fraca'. O Levantamento de Governança e Gestão Pública, realizado pelo TCU, também apontou que os índices do Mapa 'não alcançam a média dos demais ministérios'.

Mistério no ar

A TV Globo e o MP Federal no Rio estão no clima de 'a gente se vê'. Recebida em novembro passado, não há notícia da denúncia de suspeita de propina paga por ex-diretor da emissora a membros da Fifa, conforme delação. O MP não informa quem são os procuradores responsáveis pela investigação e cita que 'o caso está sob sigilo'.

O Chofer

Um motorista dos empresários Julio De Vido e Roberto Baratta, na Argentina, entregou um esquemão de US$ 200 milhões da dupla com a ex-presidente Cristina Kirchner. A denúncia foi revelada pelo Clarín.

Pensadores

Pérsio Arida, Gustavo Franco, Marcos Troyjo e Andrés Velasco debatem os desafios do Brasil na Confraria de Economia do Experience Club, em São Paulo, no dia 7. Inscrições no www.experienceclub.com.br

Leitores

Brasília sedia até setembro a exposição 'Eu Leitor'. O evento promoverá o encontro do público com escritores que vão destacar obras fundamentais para a formação literária. Cristovão Tezza, por exemplo, vai falar sobre 'Lord Jim', clássico de Joseph Conrad.

Comentários