INSS leiloa cerca de 3 mil imóveis para reforçar caixa

A Procuradoria impetrou milhares de ações nos fóruns do país para reintegração de posse de imóveis do patrimônio do órgão

Por Leandro Mazzini

Brasília - A direção do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) vai leiloar cerca de 3 mil imóveis seus para reforçar o caixa para o pagamento das aposentadorias. A Procuradoria impetrou milhares de ações nos fóruns do país para reintegração de posse de imóveis do patrimônio do órgão - como o do Mercadinho São José, em Laranjeiras (Rio), e até prédios ocupados por estatais e empresas da União que não pagam um centavo de retorno.

O presidente Edison Garcia lança mão do discurso de arrumação da casa. O INSS tem bilhões de reais em ativos em mais de 6 mil imóveis.

Dois casos

Entre outros, o INSS pede reintegrações de posse na comunidade de Campinho, no Rio, e também de dezenas de prédios em São Paulo, ocupados por sem-teto,

Interesse político

O presidente do INSS cita o consentimento e desdém de governos anteriores na ocupação dos imóveis da União, com auxílio partidário e político, por sem-teto.

É da União

"Há uma sensação de que o patrimônio da Previdência não tem dono", lamenta Edison Garcia. Prefeituras ocuparam terrenos do INSS até para fazer cemitério e praça pública.

Emenda$ 2019

Apesar da previsão de déficit de R$ 139 bilhões, deputados e senadores eleitos em outubro terão mais de R$ 9 bilhões para gastar em suas bases eleitorais em 2019. Os parlamentares poderão apresentar até R$ 15,4 milhões em emendas individuais. No Orçamento aprovado, está incluso reajuste de R$ 6 mil no salário dos ministros do STF.

Deu certo

A Paraná Pesquisas constatou que o significativo crescimento de Ciro Gomes (PDT) nas intenções de votos, para o segundo lugar, é motivado pela promessa de emprego e pelo bordão "Vou tirar seu nome do SPC". Ciro tem conquistado também parte do eleitor de Lula.

Bolsonaristas

Em outra constatação estatística na pesquisa divulgada, a Paraná cita as motivações do eleitor convicto de Bolsonaro (PSL): discurso contra o crime, representa mudança, se identifica com o candidato, e discurso do combate à corrupção.

Pré-fogo

Senador Paim (PT-RS) levantou: repasses para o Museu Nacional caíram de R$ 979 mil em 2013 para R$ 643 mil em 2017 - redução de 34% para investimentos.

Foragido

Joel Malucelli, primeiro suplente de Alvaro Dias no Senado, doou R$ 1,2 milhão para o então candidato em 2014. Metade do que Dias arrecadou para se eleger pelo PSDB.

Financiador

O empresário Malucelli, que até ontem continuava foragido na Operação Radiopatrulha, é suspeito de ter pagado propina de R$ 500 mil para servidores da Caixa, para que sua empresa do setor de energia recebesse aporte de R$ 330 milhões do FI-FGTS .

Crimes cibernéticos

A Subprocuradora-Geral da República Luiza Cristina Frischeisen pediu ao Itamaraty a adesão do Brasil à Convenção do Cibercrime, também conhecida como Convenção de Budapeste. No documento, elaborado pelo Grupo de Apoio sobre Criminalidade Cibernética da Câmara Criminal do MPF, Frischeisen enumera pontos que beneficiariam a Justiça com o ingresso na convenção.

Apoio de peso

A Polícia Federal e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) também apoiam a adesão à Convenção de Budapeste.

Matrículas 2019

Em outubro, mais 60 novas Escolas em Tempo Integral Profissionalizantes em Empreendedorismo, entre elas 25 brizolões (Cieps), já abrirão matrículas. Do total, 36 serão em cidades que ainda não possuíam unidades no modelo integral.

Aluno Empreendedor

Os alunos poderão receber o título de Técnico em Administração do Conselho Regional de Administração (CRA/RJ) ao final do curso, parceria com o Conselho Federal de Administração. Haverá disciplina de Empreendedorismo, com capacitação do Sebrae.

Esplanadeira

O ex-prefeito e ex-senador Saturnino Braga comemora hoje 87 anos, em jantar com a família.

LAMSA e MetrôRio apoiam a ONG Favela Mundo no Playing For Change Day, evento mundial de música nos dias 14 e 17 de setembro.

São Conrado terá sua parada LGBTI dia 23 de setembro.

Alexandre Fontoura e sócios investem na Tuiuiú Comunicação, com foco na elaboração de sites e assessoria de imprensa.

Comentários