Um bom amigo

Hoje em dia a palavra amigo está um pouco desgastada

Por Padre Omar

Quantas pessoas podemos chamar verdadeiramente de amigos? Na última sexta-feira, no dia 20 de julho, celebramos no Brasil o Dia do Amigo, uma data importante para valorizar o outro em nossa vida. A Palavra de Deus já nos ensinava desde o Antigo Testamento: "Amigo fiel é uma proteção poderosa, e quem o encontrar, terá encontrado um tesouro".

Mas hoje em dia, a palavra amigo está um pouco desgastada. Habitando os lugares da vida cotidiana, entramos em contato com diferentes pessoas que muitas vezes definimos amigos, mas é apenas modo de dizer.

Também no horizonte da comunicação virtual, a palavra amigo é uma das mais utilizadas. No entanto, sabemos que um conhecimento superficial não é suficiente para ativar aquela experiência de encontro e de proximidade à qual a palavra amigo faz referência.

Só há verdadeira amizade quando o encontro me leva a participar na vida do próximo. Só seremos amigos se o encontro não permanecer externo nem formal, mas se tornar partilha e participação.

Portanto, devemos ter aqueles que dividimos momentos de alegria, que nos comunicamos nas redes sociais, que nos acrescentam boas intenções e criamos bons relacionamentos. Mas devemos ter em mente que os verdadeiros amigos são poucos e temos que cultivá-los.

Devemos pensar no modo como age um bom amigo: acompanha-nos com discrição e ternura; nos ouve profundamente e sabe ir além das palavras; é misericordioso em relação aos defeitos, é livre de preconceitos. Um bom amigo sabe partilhar o nosso percurso, nos levando a sentir a alegria de não estar sozinho; não nos favorece sempre mas, exatamente porque quer o nosso bem, nos diz com sinceridade aquilo que não compartilha.

Além de valorizar os amigos que temos, devemos refletir se temos sido bons amigos. Se estamos disponíveis para o outro e se acrescentamos coisas boas em suas vidas. Vamos manifestar, com gesto concreto, o nosso querer bem!

 

Comentários