Eduardo Paes não esconde que gostaria de enfrentar Romário no segundo turno

Um aliado explica a torcida: o ex-jogador aparece logo atrás de Paes nos levantamentos, mas o desempenho de Romário nos debates é considerado pelo núcleo do ex-prefeito como pífio

Por PAULO CAPPELLI

Núcleo do ex-prefeito tem considerado desempenho de Romário nos debates como pífio
Núcleo do ex-prefeito tem considerado desempenho de Romário nos debates como pífio -

Rio - Com larga vantagem nas pesquisas ao governo, Eduardo Paes (DEM) não esconde de amigos quem gostaria de enfrentar no segundo turno: Romário (Podemos). Um aliado explica a torcida: o ex-jogador aparece logo atrás de Paes nos levantamentos, mas o desempenho de Romário nos debates é considerado pelo núcleo do ex-prefeito como pífio. Com o aumento de exposição no segundo turno, quando os holofotes se direcionam a apenas dois candidatos, avaliam que essa suposta fragilidade ficaria ainda mais evidente. Nas palavras de um aliado, um "mamão com açúcar".

Outro ponto analisado está no aspecto defensivo. Indio da Costa (PSD) e Wilson Witzel (PSC) são considerados como de maior potencial pela forma agressiva e contundente que adotam. Apesar de estar empatado tecnicamente com Indio e Witzel, e de também ter boa oratória, Tarcísio Motta (Psol) não preocupa tanto o líder nas pesquisas. É que a acentuada rejeição a partidos de esquerda, como o Psol, iria se contrapor à eloquência de Tarcísio.

Segue

Para exemplificar, aliados de Paes lembram a eleição de 2016, na qual Marcelo Freixo, principal nome do Psol, não conseguiu superar, no segundo turno, Marcelo Crivella (PRB) na disputa pela prefeitura.

Flechada de prata

Indio da Costa (PSD) usou as redes sociais, nesta sexta, para divulgar vídeo feito pelo secretário municipal da Casa Civil, Paulo Messina (PRB). Nele, o subordinado de Crivella, adversário político de Paes, enumera situações nas quais o ex-prefeito teria deixado o município com poucos recursos.

Direita

Tentando pegar carona na crescente de Jair Bolsonaro (PSL), Indio e Witzel reforçarão, mais do que nunca, o apoio ao presidenciável.

Esquerda

Já Lindbergh Farias (PT) aposta nos apoios de Paes e Haddad/Lula para superar Flávio Bolsonaro (PSL) ou Cesar Maia (DEM) na disputa ao Senado.

Grande rede

Em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, Ciro Gomes (PDT) ultrapassou Fernando Haddad (PT) nas menções no Tiwtter esta semana e o mais citado é Bolsonaro. Os dados são da Diretoria de Análise das Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A mão de Osorio

Sem a vaga na Assembleia Legislativa garantida, segundo as pesquisas, o ex-secretário de Administração de Paes Marcelo Queiroz (PP) tenta a sua última cartada. Para isso, contará com o apoio do deputado estadual Carlos Osorio (PSDB), que desistiu de concorrer e tem apresentado Queiroz como o seu "herdeiro na Alerj".

Espinhos

A prefeitura apresentará à Câmara Municipal uma proposta de reformulação de hospitais e do atendimento da atenção primária em audiência na próxima terça-feira. E o evento tem tudo para pegar fogo. É que a Comissão de Orçamento, que analisará a medida, é composta por vereadores que, agora, integram a ala de oposição ao governo. A começar por Rosa Fernandes (MDB), presidente da Comissão.

A urna te espera

Se você não decidiu em quem votar, ainda há tempo. Analise os programas de governo nos sites dos candidatos. Participe!

Comentários