Dia Mundial do Idoso: há motivos para comemorar?

Os piores índices do relatório têm a ver com a violência urbana e a falta de acessibilidade e transporte.

Por O Dia

Rio - Na segunda-feira foi comemorado o Dia Mundial do Idoso. Mas será que no Brasil o idoso tem motivos para comemorar? A má qualidade de vida é uma realidade que pode ser notada diariamente, tanto nas grandes cidades quanto na zona rural. O Brasil está em 58º lugar numa lista de 96 nações avaliadas, atrás de países mais pobres, como Bolívia, Equador e El Salvador. Quem tem mais de 60 anos está numa faixa que engloba 11,5% dos brasileiros. Em 2050, será 29%.  Apesar disso, as políticas públicas não têm sido suficientes para atender a essas pessoas.

Os piores índices do relatório têm a ver com a violência urbana e a falta de acessibilidade e transporte. O idoso está mais recluso, com medo de sair de casa. Muitos motoristas não param no ponto e os idosos passam horas esperando o próximo ônibus passar. E o que falar do Estatuto do Idoso que ainda é desrespeitado? E os planos de saúde que cobram mensalidades abusivas? O Brasil tem um grande desafio pela frente: garantir o envelhecimento populacional com qualidade. Até 2060, a população com 80 anos ou mais deve somar 19 milhões de pessoas.

Cancelamento de compra

Cancelei uma compra realizada no Shoptime. Cancelei porque não tem cabimento pagar frete e aguardar 65 dias para receber um produto. Um absurdo! Falta de respeito com o consumidor. E olha que sou cliente antigo do Shoptime e nunca havia passado por esse descaso antes.

Henrique Carvalho de Souza, Taquara - Rio de Janeiro

O Shoptime.com providenciou o cancelamento da compra, conforme solicitação do cliente Henrique. O estorno ocorrerá de 1 a 2 faturas, de acordo com o prazo estabelecido pela administradora do cartão de crédito do cliente. Pedimos desculpas pelo transtorno.

Assessoria de Imprensa Shoptime

Resolvido!

Agradeço mais uma vez ao Reclamar Adianta! A Oi entrou em contato comigo logo após o contato de vocês. As linhas foram restabelecidas e agora vamos ver até quando vão ficar operantes. Muito obrigado pela força que nos deram. Um grande abraço para todos. Também acompanho vocês na Rádio Bandeirantes AM 1360, ouço as reprises nas madrugadas, pois tenho hábito de dormir com um radinho de pilha embaixo do travesseiro.

Carlos Henrique Dias, Praia José Bonifácio - Paquetá

Não reconhecida

Realizaram uma compra de R$ 1.120 no meu cartão Santander que não reconheço. Quando recebi o SMS com a confirmação da compra, entrei em contato com o banco e fui informado que "os cartões Santander possuem chip com senha e não são fraudáveis". Fui até minha agência e não tive o problema resolvido. Não concordo em pagar uma compra que não é minha.

Alessandro Girão Flies, Ipiranga - Nova Iguaçu

O Santander prestou todos esclarecimentos sobre a transação contestada.

Assessoria de Imprensa Banco Santander

Sem serviço

Estou com problema com a prestadora de serviços de telefonia e banda larga Oi. No dia 28/08, a central do meu bairro sofreu um ato de vandalismo que nos deixou seis dias sem serviço. Entrei em contato com a Oi para solicitar o desconto referente aos dias de interrupção e a funcionária disse que o "sistema reconheceu apenas um dia de interrupção".

Fábio Barreto de Souza, Vicente de Carvalho - Rio de Janeiro

A Oi informou que foi gerada devolução em conta futura na fatura, referente aos dias que ficou sem utilizar nossos serviços.

Assessoria de Imprensa Oi

Dúvidas frequentes - Soraya Goodman, advogada e professora

Soraya Goodman - divulgação

Embora a inclusão dos dados dos devedores inadimplentes nos cadastros negativos seja direito do fornecedor, pois visa a concessão de crédito a preço justo, o artigo 43 da Lei 8.078/90 (CDC) determina que essas informações sejam corretas e, ainda, que o prazo de permanência da inscrição não ultrapasse cinco anos. Em muitos casos, não há controle sobre o prazo prescricional e a data de vencimento pelos bancos de dados, pois estes utilizam como prazo inicial a data do recebimento da informação dos cartórios de protesto, independente do vencimento. Com essa praxe, as informações acabam desatualizadas e o nome do consumidor pode permanecer negativado.

Recentemente, o STJ determinou que o prazo de inclusão nos cadastros de inadimplentes seja contado do dia seguinte ao do vencimento da dívida e alcançado o prazo de cinco anos a negativação deverá ser retirada. Se você está com seu nome negativado, confira o vencimento da sua dívida, sendo superior a cinco anos ou tendo se esgotado o prazo prescricional para cobrança, solicite a retirada do seu nome junto ao banco de dados do cadastro negativo.

 

Comentários