Seis em cada dez consumidores têm intenção de fazer compras na Black Friday

Entre os que pretendem comprar, 70% consideram uma oportunidade de adquirir itens que estejam precisando com preços mais baixos.

Por O Dia

Rio - Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que seis em cada dez (58%) consumidores têm a intenção de fazer compras na Black Friday. A data é considerada a segunda melhor para o comércio, perdendo apenas para o Natal. Entre os que pretendem comprar, 70% consideram uma oportunidade de adquirir itens que estejam precisando com preços mais baixos.

Cerca de 30% querem antecipar presentes de Natal, enquanto 12% planejam aproveitar as ofertas mesmo sem ter necessidade. O gasto estimado é R$ 1.146 por pessoa. De acordo com o levantamento, a expectativa dos consumidores este ano é de desconto médio de 45% nos produtos e serviços. A má notícia é que, segundo a pesquisa, 25% dos consumidores costumam gastar mais do que podem. É importante avaliar se os gastos não comprometerão seu orçamento.

99Pop

Sou usuária frequente do aplicativo 99. Usei para ir do trabalho para casa. O carro já não era tão cuidado, o ar condicionado não gelava e a motorista se negou a utilizar o caminho que faço alegando que não tinha dinheiro para pagar o pedágio. Ana Paula Perilli de Carvalho, Quintino

A 99 informa que disponibilizou para a passageira Ana Paula Perilli de Carvalho dois cupons de desconto de R$ 15 cada. A empresa oferece treinamentos periódicos aos motoristas parceiros. Assessoria de Imprensa 99

Cobrança de ligação

A operadora Claro está cobrando ligações para números especiais como 1746, que é o telefone de atendimento ao cidadão da Prefeitura do Rio. A resposta deles é que este tipo de ligação é tarifada, por isso a cobrança na conta. Claudeci de Souza Coelho, Bento Ribeiro

Em atenção à mensagem, a Claro informa que entrou em contato com o cliente e esclareceu as questões. Continua à disposição pelos canais de atendimento: SAC 1052, Fale Conosco, Chat, Atendimento por Carta e site www.claro.com.br Assessoria de Imprensa Claro

Armário danificado

Fiz uma viagem dia 10/10 e ao retornar no dia 15/10, me deparei com um vazamento vindo da sanca da cozinha que fica em cima do armário, danificando-o totalmente. No dia 16 veio uma equipe da MRV e verificou que o problema era um cano rachado posto no período da obra. Conforme orientação da construtora, entreguei três orçamentos para substituição do armário danificado, mas não tive retorno da empresa. Francisco Augusto Mendes, Guadalupe

A MRV Engenharia informa que a equipe de Assistência Técnica já solucionou o problema que ocasionava o vazamento no imóvel e está em contato com o consumidor para realizar o reembolso dos itens eventualmente danificados, orientando sobre a importância da apresentação da documentação correta para que o ressarcimento ocorra o mais breve possível. Assessoria de Imprensa MRV

Cartão de crédito

Comprei com cartão de crédito Porto Seguro. A compra foi feita em 3 parcelas. No canhoto da loja já vem impresso o valor à vista, os juros e o valor da parcela já com os juros. Só que o cartão Porto Seguro insiste em cobrar um valor maior da parcela na fatura. Alexandre de Lima Britto, Oswaldo Cruz

A Porto Seguro informa que reavaliou o processo e já resolveu o caso com o cliente. A empresa se mantém à disposição para demais questionamentos. Assessoria de Imprensa Porto Seguro

Dúvidas frequentes - Lígia Silva de Oliveira, advogada

A Black Friday acontece, oficialmente, nesta sexta-feira, dia 23, mas o comércio já vem antecipando promoções para fisgar consumidores. Segundo a advogada Ligia de Oliveira, especialista em Direito do Consumidor, a principal recomendação é pesquisar antes para saber o preço normal do produto que se deseja adquirir, assim na data da promoção o consumidor saberá com facilidade se está comprando com um desconto real ou sendo vítima da maquiagem nos preços, que foi a campeã de reclamações da Black Friday 2017.

"Além disso, os estoques fantasmas, as divergências de valores e as fraudes também são problemas tradicionalmente enfrentados pelos consumidores brasileiros na Black Friday, que podem ser evitados com uma boa pesquisa sobre a empresa onde o produto será adquirido", relata a especialista. O consumidor que se sentir lesado, deve procurar o Procon para registrar o ocorrido e um advogado de sua confiança para providencias judiciais.

Comentários