Instituto quer mais turmas

Por

É a primeira vez que o Protetores dos Parques está sendo realizado pelo Ondazul, com oficinas criativas que mesclam cidadania e responsabilidade ambiental. No entanto, o projeto, em parceria com a Secretaria Estadual do Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), ainda não está garantido para novas turmas no ano que vem.

"Nossa perspectiva é que nunca pare de ter protetores, mas precisamos de recurso para isso", disse André. O programa é custeado como compensação ambiental pela B-Port (Porto do Açu).

Comentários