Confira cinco passos para reduzir o plástico no dia a dia

Veja dicas sobre como substituir o material por produtos (e atitudes) mais sustentáveis

Por Luana Dandara *

A sacola reutilizável é uma ótima opção na hora de fazer compras, além de estar sempre na moda
A sacola reutilizável é uma ótima opção na hora de fazer compras, além de estar sempre na moda -

Rio - Seja em embalagens, brinquedos, automóveis ou tecidos, os produtos feitos de plástico estão por todo lado. O uso do material revolucionou a indústria, mas também gerou um dos grandes desafios da atualidade: a poluição causada pelo descarte dos objetos. E para incentivar o uso de produtos sustentáveis no lugar do plástico, a Fundação SOS Mata Atlântica reuniu cinco passos para serem usados o dia a dia.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), apenas na última década foi produzido mais plástico do que em todo o século passado. Com a maior disseminação de informações e conscientização para com o meio ambiente, entretanto, o uso do plástico tem sido repensado por empresas, governos e consumidores.

Uma votação realizada pelo aplicativo de opinião Quinto mostrou que 74% das pessoas são a favor da restrição de comércio de embalagens plásticas. E 80% dos usuários questionados afirmaram se preocupar com a gestão ambiental da cidade onde moram.

A coordenadora de projetos da ONG SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro reforça que é necessária uma política individual consciente. "Antes de comprar, precisamos nos perguntar: 'Precisamos realmente disso?'", disse ela.

A especialista recomenda ações simples para frear o consumo desnecessário de plástico diário. Comprar sabonetes e produtos de limpeza comercializados em embalagens de papelão é um começo, assim como optar por brinquedos feitos de madeira, metal ou pano.

Outra dica é levar seu próprio canudo, copo e talheres para os lugares, em vez de usar de plástico. "Diga: não, obrigado", aconselhou Malu. A cidade do Rio foi pioneira no Brasil em proibir canudos de plásticos, em julho. Na semana passada, o arquipélago de Fernando de Noronha também proibiu a entrada, a comercialização e o uso de canudos, copos, pratos, talheres, sacolas, garrafas plásticas com capacidade inferior a 500 ml e isopor na ilha.

Segundo pesquisa do Quinto, 77% das pessoas são a favor do 'movimento sem canudo'. "Todos os anos, mais de 8 milhões de toneladas acabam nos oceanos. Os microplásticos nos mares agora superam as estrelas da nossa galáxia. Se as tendências atuais continuarem, até 2050 nossos oceanos terão mais plástico do que peixes", lembrou o secretário-geral da ONU, António Guterres, em discurso no Dia Mundial do Meio Ambiente.

* Estagiária sob a supervisão de Angélica Fernandes 

PRATIQUE!

USE DE NOVO

Troque as sacolas plásticas por de pano, ecobags e carrinhos de feira. Os materiais não prejudicam o meio ambiente e podem ser utilizados muitas vezes.

POTINHOS

Os potes de inox e vidro podem ser usados para guardar comida, grãos, frutas, e levados para a feira e supermercados para produtos a granel.

PAPEL MANTEIGA

O papel manteiga é feito com fibras vegetais e se degrada mais rapidamente no meio ambiente. Prefira ele ao papel filme para quando for embalar um alimento.

TALHERES E CANUDOS

Há diversas opções de garfos, facas, copinhos e até canudos que são compactos e podem ser levados para qualquer lugar em vez de usar de plástico.

HIGIENE E DIVERSÃO

Compre sabonetes e produtos de limpeza com embalagens de papelão. O mesmo vale para os brinquedos das crianças: prefira os que sejam feitos de madeira, metal ou pano.

Galeria de Fotos

A sacola reutilizável é uma ótima opção na hora de fazer compras, além de estar sempre na moda FOTOS DE REPRODUÇÃO
Rio proibiu canudos de plástico nos comércios DIVULGAÇÃO
As bolsas plásticas descartáveis são poluentes DIVULGAÇÃO

Comentários