Marcella Rica diz ser bem diferente da Jéssica de ‘A Lei do Amor’ em estilo

'Gosto do simples e do básico. Não sou do justo e do curto. Adoro detalhes', diz a atriz

Rio - A tendência militar na moda é inspirada nas mulheres que vestiram fardas durante a Segunda Guerra Mundial. Elas, além de terem contribuído para a igualdade de gêneros, ganharam uniformes adaptados para seus corpos. Por volta dos anos 1940, o estilo influenciou a moda de outras mulheres nas ruas, dando às composições um look ‘uniformizado’. E a tendência sempre se reinventa e invade a moda outono-inverno.

Blusa DTA; Coleira Renner; Pulseiras Ryou; Saia Forever 21 Vinicius Mochizuki/Divulgação

Este ano, veio com patches e muito bordado sobre o camuflado. O verde-oliva (cor das fardas militares) reina, e a escolha das peças pode tornar o look mais masculino ou feminino, como no caso das produções usadas pela atriz Marcella Rica exclusivamente para este ensaio.

“Adorei os tons, os modelos. Acho bom esse contraste, de ter um lugar mais despojado, feminino, e outro mais firme. É uma mistura interessante”, opina.

Casaco DTA; Top Forever 21; Anel Magma; Brinco Metally; Colares Riachuelo Vinicius Mochizuki/Divulgação

No ar em ‘A Lei do Amor’, como a intensa Jéssica, filha de Claudia Raia na trama, ela é assumidamente ligada à moda. “Sempre que posso, acompanho o que está rolando por aí. Sigo influenciadores no Instagram. Quando tenho um tempo maior para me preparar para um evento, procuro influências de roupas e maquiagem. Mas não dedico tanto tempo a isso como gostaria”, admite Marcella, que torce pelo final feliz da personagem, depois de uma dura jornada e a redenção. “Ao que tudo indica, o amor vai prevalecer, e ela fica com o Bruno (Armando Babaioff). Torço para isso. Mas ainda não recebi os últimos capítulos”.

ESTILO

Ela revela ser bem diferente da ousada personagem. “Gosto do simples e do básico. Sou bem ‘não-Jéssica’”, diverte-se. “Não sou do justo e do curto. Adoro detalhes, algo bem feminino, dentro de uma roupa despojada”.

Blusa, calça de moletom e meias da Forever 21; colares Acervo; Colete Colcci; Bota e pulseiras Renner3 Vinicius Mochizuki/Divulgação

A carioca observa que as peças usadas no ensaio inspiram outras produções.“As pessoas podem ter em casa peças no estilo e montar outros looks. Algumas peças mais básicas podem ser usadas de diversas formas”, ensina Marcella, que admite estar feliz com seu corpo.

Macacão DTA; Blusa e pulseiras Renner; Bolsa Agnelli para Bagaggio; bota Cecconello Vinicius Mochizuki/Divulgação

“Acham que emagreci durante a novela, mas ganhei massa muscular por conta de um trabalho que fiz antes para a personagem. Se Jéssica, no início da novela, queria um cara que a bancasse, deveria ser uma menina que cuidava do corpo, já que o usava para atrair os homens”, revela. “Três meses antes de gravar, fiz treino funcional e acompanhamento com nutricionista.Mas nada agressivo, absurdo. Ninguém me pediu, mas pensei que se fizesse para a personagem, seria lucro para mim”.

Blusa de gola alta DTA; Cap acervo; Saia, tricot e pulseiras Renner Vinicius Mochizuki/Divulgação

PADRÕES

A atriz não é contra dietas, tratamentos de beleza e nem intervenções. “Há padrões de beleza impostos, mas não precisamos segui-los e eles estão caindo por terra. Você precisa fazer para se agradar, não por imposições”, reflete. Na TV, ela diz que nunca foi cobrada em relação a isso. “Não é uma exigência do vídeo estar magra, mas parecemos maiores na TV. Já que nosso corpo é instrumento de trabalho, é natural que queiramos nos sentir bem. Mas cada um se sente bem de um jeito, isso tem que ser respeitado. Ninguém é escalado para um trabalho baseado apenas em suas medidas”, opina. “Mas é claro, que se precisar engordar ou emagrecer para um personagem, faço com prazer e entrega”. 


Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie