Maria Eduarda de Carvalho estrela ensaio de moda retrô

Frequentadora da roda de samba na Tiradentes, Maria Eduarda de Carvalho estará na próxima novela das seis, ambientada na década de 20

Rio - A moda é feita de ciclos, e muitas influências vão e voltam através dos tempos. Seja no universo retrô (uma época como referência) ou vintage (referência a peças antigas de fato, trazidas para hoje), o importante é aproveitar a ‘viagem’ através das épocas e se divertir montando o visual.

Vestido: acervo; Brincos: Swarovski; Colar: Paola Falcão; Shoes: Cecconello Marcio Mercante / AG. ODIA

O ensaio com a atriz Maria Eduarda de Carvalho, realizado na Praça Tiradentes, importante reduto cultural e boêmio do Rio, mergulhou nesse universo e contou com o auxílio luxuoso do grupo Independente dos Bons Costumes, que faz samba por lá todas as quinta-feiras, às 20h, no Centro Cultural Carioca. Ao som dos músicos, Maria Eduarda posou para o D Mulher no clima de um Rio que passou e aí está. “Ir ao centro da cidade e testemunhar as manifestações culturais, que resistem neste momento de desamparo, tem sido um respiro de esperança. Tenho ido quase que semanalmente lá para sambar. Percebemos a importância de ressignificar, ser artista nos dias de hoje. Apesar de tudo”, diz.

Maria Eduarda estará na próxima novela das seis da Globo, ‘Tempo de Amar’, com direção de Jayme Monjardim, ambientada no fim da década de 1920. “O texto é muito bom. Minha personagem será uma jovem prostituta, a Gilberte, que trabalha no estabelecimento de Lucérne (Regina Duarte). Gilberte será o braço direito de Lucérne nos negócios”, revela a carioca de 35 anos e 22 de carreira.

Smolking: Dona Coisa; Shoes : Cecconello; Perolas: Acervo Marcio Mercante / AG. ODIA

Para a atriz, o retrato da época do folhetim se parece (“E muito!”) com os tempos atuais. “Era um momento conturbado do país. Mas na contramão de toda a crise política, havia uma importante efervescência cultural e artística. No Centro do Rio, artistas como Pixinguinha despontavam, e um crescente movimento feminista lutava pelo direito ao voto e por melhores oportunidades de emprego”, esclarece.

Brincos: Swarovski; Vestido: Maria Filó; Shoes: Cecconello Marcio Mercante / AG. ODIA

Desde o início, a atriz segue fazendo da contramão uma direção a favor. A mãe de Luiza, de 7 anos — fruto do seu casamento com o cineasta Snir Wine —, entendeu cedo que essa era uma profissão de resistência. “Queria ser atriz e quase não consegui fazer o Tablado, que era referência na época, porque as turmas viviam lotadas. Segui buscando isso e comecei oficialmente aos 13 anos”, conta. “Ali entendi que não dava pra fazer outra coisa da vida. Seria extremamente frustrada se não desse conta de sustentar essa descoberta, que era a decisão de ser atriz, de fazer daquilo a profissão da minha vida”, confidencia Maria. “Quando decidi alçar voos na TV, fui em busca fortemente, como faço. Escrevendo para as pessoas, batendo na porta, mandando meu material de trabalho. Já trabalhei com muita gente bacana. Mas o Jayme (Monjardim) me acolheu. Dentro da Globo é a pessoa com quem mais trabalhei. Foram quatro novelas. E agora estamos novamente juntos em ‘Tempo de Amar’, que sinto que será um grande sucesso”. 

Vestido: acervo; Brincos: Swarovski; Colar: Paola Falcão; Shoes: Cecconello Marcio Mercante / AG. ODIA
Vestido: Dona Coisa; Todos os Acessorios: Swarovski; Shoes: acervo Marcio Mercante / AG. ODIA



CRÉDITOS

Coordenação: Brunna Condini
Produção de moda: Jhon Santana
Beleza: Carla Barraqui
Fotógrafo: Marcio Mercante (Ag O DIA)


AGRADECIMENTOS

Bar do VV
Pedro Manhães
Vandro Augusto
Luana Patrocínio
Teatro Carlos Gomes

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie