Samyra Show relembra sua história cheia de desafios e superações

Cantora vai lançar DVD com participações de Xand, Aviões do Forró, e Wesley Safadão

A cantora Samyra Show Divulgação

Rio - Ela é sucesso no Norte e Nordeste e quer ganhar o Rio e São Paulo. Aos 35 anos e com 20 de carreira, Samyra Show lança o CD e DVD 'Samyra Exclusive no Paraíso'. É seu primeiro trabalho solo com a participação dos amigos Wesley Safadão e Xand do Aviões do Forró.

"É um sonho realizado e aconteceu no melhor momento da minha carreira", garante. "Conheço o Wesley há muito tempo. Muito antes do sucesso. Aqui em Fortaleza todo mundo do forró é próximo. Ele vem a churrasco na minha casa. Trocamos por telefone impressões. Ele foi o primeiro convidado. Me deu sim de cara", lembra. "Quando o chamei, disse: 'Quero lhe deixar a vontade para escolher a música que vai cantar'. Enviei três, e ele escolheu 'Um Beijo pra Você', de uns compositores de Goiânia".

Já com Xand, a proximidade veio através do marido, o empresário Fabio Roberto. "Ele foi músico da banda há alguns anos, conhecemos Xand daí. Ele quis que escolhesse a música que ele cantaria. Daí escolhi 'A Dança do Desprezo', porque ele tem esse jeito mais divertido", conta, sobre uma das músicas de trabalho que já bombam por lá.

A cantora vem colhendo bons frutos e acaba de assinar com a Sony Music: "Podem aguardar, porque teremos muitas novidades em breve".

A ORIGEM DO SHOW

Samyra de Oliveira nasceu em Juazeiro do Norte, no Ceará - a 'Cidade de Padre Cícero'. E ganhou o 'Show' do nome artístico depois que um famoso locutor de Fortaleza, o Baleia, a apresentou ao público desta maneira: 'Samyra, você é um show!'.

"E assim ficou", conta ela. Dona de uma voz poderosa, Samyra iniciou sua trajetória nos grupos Forró Esquema e, na sequência, Forró Real, Forró dos Plays e Forró 100%, até se lançar em carreira solo em 2015. A cantora diz que não tem parado desde então. "Estou fazendo uma média de 20 shows por mês".

SOFRÊNCIA FEMINISTA

Ela afirma que embora as músicas falem de sofrência e de amor, tem muito humor envolvido. "Falo de superação no relacionamento. Falo da mulher que sofreu, mas levantou a poeira e foi curtir a vida", esclarece. "Minha música é mais feminista, sim. Sempre defendi o espaço feminino. A mulher tem que ir à luta!"

FORRÓ NA VEIA

O estilo entrou cedo na vida desta cearense. "Saía da aula e passava por uma banda ensaiando. Com 13 anos, fiz um teste para entrar nessa banda e lá estava eu. E não parei mais", revela Samyra, que com 9 anos já era cover da Mara Maravilha em festas de aniversário.

A cantora Samyra Show Divulgação

SUPERAÇÃO

Se a artista foi precoce no início da vida profissional, também não foi diferente na pessoal. "Tudo para mim aconteceu rápido. Fui mãe aos 14 anos. Hoje tenho Bruno, 21, e Breno, 19", conta.

Uma gravidez na adolescência não foi a única dificuldade que ela teve que enfrentar prematuramente. Há sete anos, Samyra passou por um tratamento de câncer de colo de útero. "Sempre fui magra, depois que engravidei do primeiro filho, não consegui mais emagrecer", recorda. "Me indicaram a cirurgia bariátrica. Agradeço à médica que me indicou, porque não descobriria o câncer que tive, de útero e bem raro. Estava no nível 3", diz.

"Descobri o câncer quando tinha agenda de 40 shows por mês. Sempre fiz exames regulares, mas ele se desenvolveu em poucos meses. É muito importante que as mulheres se previnam", aconselha.

"Da experiência, ficou a fé. Meus sonhos me motivaram a superar tudo. Tinha o propósito de crescer como artista, dar uma vida melhor aos meus filhos. Não duvidava que ia conseguir. Achava que estava passando por aquilo para me tornar uma pessoa melhor", conta.

 

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie