Portela de Asas Abertas homenageia David do Pandeiro e 'Turma do Muro' no sábado

Evento promoverá, ainda, sessão de autógrafos com autor do livro que inspirou enredo de 2018 da agremiação

Rio - A Portela realizará no próximo sábado, a partir das 14h, a terceira edição do ano do projeto Portela de Asas Abertas, que homenageará o compositor David do Pandeiro, integrante da Velha Guarda Show, e os poetas da Turma do Muro, como era conhecido o grupo de sambistas que se reunia nos arredores da Rua Dona Clara, em Madureira, e do qual faziam parte nomes como Candeia, Casquinha, Waldir 59, Picolino, Bubu e Wanderlei.

David do Pandeiro posa com João Baptista Vargens, biógrafo da Velha Guarda da Portela e de Casquinha Divulgação / Raphael Perucci

Além da presença dos integrantes do projeto Samba do Tempo do Onça e dos músicos do conjunto Praça XI, o evento, que é uma iniciativa do departamento cultural da escola, receberá o escritor Paulo Carneiro, autor do livro "Caminhos Cruzados", que foi uma das inspirações para a carnavalesca Rosa Magalhães desenvolver o enredo da Portela de 2018, intitulado "De Repente de Lá Pra Cá e Dirrepente de Cá Pra Lá..."

Paulo Carneiro participará de uma sessão de autógrafos e também vai conversar com o público sobre a incrível história dos judeus que saíram de Pernambuco logo após a expulsão dos holandeses, no século XVI, e tiveram participação na fundação da Nova York, nos Estados Unidos. A mesa contará com a ilustre carnavalesca Rosa Magalhães.

Pérolas resgatadas

A programação musical será iniciada pelo Samba do Tempo do Onça. Formado por 15 integrantes, o grupo, que foi idealizado por Ricardo Scotti e tem forte atuação na cidade de São Paulo, mostrará um repertório recheado de clássicos e pérolas do baú portelense. Em seguida, os jovens do Praça XI assumem a roda, lembrando canções de Monarco, Chico Santana, Alberto Lonato, Manaceia, Paulinho da Viola e outros ícones.

Outro momento especial do Asas Abertas promete ser a homenagem ao compositor Casquinha, que receberá, das mãos do departamento cultural, a moção honrosa concedida pelo vereador Reimont (PT). Aos 94 anos, o bamba já confirmou presença na festa. Quem for ao evento também poderá conferir a exposição "Os Sabores da Portela", em cartaz na sala do Departamento Cultural, e a já tradicional feira de produtos desenvolvidos por afroempreendedores.

Serviço:

Portela de Asas Abertas. Roda de samba + Sessão de autógrafos com Paulo Carneiro + Exposição 'Os Sabores da Portela' + feira de afroempreendedores. Data: Sábado, dia 15 de julho. Horário: A partir das 14h. Local: Quadra da Portela. Endereço: Rua Clara Nunes 81, Madureira. Ingresso: R$ 15. Promoção: entrada + almoço ou petisco: R$ 15. Membros de torcidas organizadas da Portela (com camisa): R$ 5. Classificação etária: livre. Informações: 3256-9411

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie