Público e jurados elegem a corte real do Carnaval 2018

Vencedores do concurso Rei Momo e Rainha do Carnaval, os veteranos Milton Rodrigues da Silva Junior e Jéssica Maia de Freitas já reinaram juntos em 2009

Rio - Se o concurso que elegeu a corte momesca do Rio fosse uma partida de futebol, a torcida possivelmente faria coro assim: “O campeão voltou”. Dois veteranos foram consagrados Rei Momo e Rainha do Carnaval 2018, na Cidade do Samba, na noite desta sexta-feira. Milton Rodrigues da Silva Junior, de 38 anos, retorna para receber a chave da cidade durante os dias de folia pela sexta vez, depois de cinco anos afastado do cargo. E Jéssica Maia de Freitas, 34, abrilhantará a família real pela segunda oportunidade, nove anos após o primeiro título.

Cintia Martins de Oliveira (2ª Princesa), Jéssica Maia de Freitas (Rainha) Milton Rodrigues da Silva Junior (Rei Momo) e Deisiane Conceição (1ª Princesa) Alexandre Brum / Agência O Dia

Milton e Jéssica reviverão a experiência de representar juntos o Carnaval carioca para o Brasil e o mundo. Em 2009, eles também desfilaram na corte com pompa de rei e rainha, quando conquistaram a primeira vitória no concurso. Deisiane Conceição Jesus, 28, que foi 2ª Princesa em 2017, será 1ª Princesa em 2018. Cintia Martins de Oliveira, 34, será a 2ª Princesa.

“É um privilégio voltar nesse 50º concurso de Rei Momo. É muito prazer e uma renovação. Estou muito feliz, mas também é compromisso, é um contrato, é trabalho, é incansável”, comemorou Milton logo após o anúncio do resultado. “Primeiro, quando anunciaram o Milton, eu já fiquei muito emocionada. Ele é meu amigo e vivemos juntos um dos anos mais maravilhosos da minha vida. O concurso Rainha do Carnaval foi um divisor de águas para mim. Se eu pudesse dizer o que estou sentindo agora, estou me sentindo superada”, disse Jéssica.

Torcedor da Portela, Beija-Flor e Salgueiro, vascaíno e morador de Madureira, Milton da Silva Junior começou no Carnaval desfilando pela Azul e Branca de Nilópolis em 2000. Desde então, passou por várias escolas, como Caprichosos e a própria Portela. Bancário há 19 anos, concorreu pela primeira vez a Rei Momo em 2005, quando tinha 24 anos. Foi campeão consecutivo em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013. Na sexta-feira, ele se apresentou para os 12 jurados com uma releitura da fantasia usada pelo carnavalesco Clóvis Bornay no desfile da Portela de 1995.

Jéssica Maia é vendedora de uma fábrica de gelo, estudante de Psicologia, portelense e flamenguista. Quando estreou no posto de Rainha do Carnaval, tinha 25 anos. Em 2002, foi princesa na corte. Ela apresentou seu charme, sua beleza e simpatia na Cidade do Samba fantasiada de Elvira Pagã, a primeira Rainha do Carnaval carioca.

O Rei Momo ganhou coroa, faixa, cetro e R$ 30 mil. O vice-rei, Wilson Dias da Costa Neto, recebeu também faixa e R$ 3.500. O terceiro colocado, Danyel Rodrigues da Silva, levou para casa troféu de participação. A eleita como Rainha do Carnaval ganhou coroa, faixa e R$ 30 mil. A 1ª e 2ª Princesas receberam tiara, faixa e R$ 22.500 cada. O contrato do grupo com a Riotur já começou e vai até a manhã de domingo após o sábado das campeãs. Nesse período, a corte carnavalesca terá o compromisso de representar a expressão cultural carioca em uma série de eventos.

Na imagem, o Diretor Comercial do Jornal O Dia, Daniel Alva, integra a mesa dos jurados do concurso Alexandre Brum / Agência O Dia

Enquete no site do DIA recebeu 21.900 votos

Entre os dias 24 e 27 de outubro, 21.900 internautas participaram de uma votação popular no site do jornal O DIA, parceiro do concurso este ano, para escolher entre seis finalistas ao cargo de Rei e oito candidatas ao posto de rainha. Os primeiros colocados na enquete foram Milton da Silva Junior, com 6.046 votos, e Jéssica Maia, com 6.367 votos. Eles ganharam 3 pontos que foram somados à pontuação dos jurados selecionados pela Riotur, realizadora do concurso. Os segundos colocados na enquete foram Wilson Dias da Costa Neto (1.484 votos) e Deisiane Jesus (1.432 votos), que ganharam 2 pontos para serem somados à avaliação do júri. Ficaram em terceiro lugar no voto popular Luiz Otávio Cabral (1.043 votos) e Larissa Reis (638 votos), ganhando um ponto cada.

O diretor de Publicidade do DIA, Daniel Penalva, que compôs o time de jurados, destaca a relevância do Carnaval no noticiário do jornal: “Nosso foco são os assuntos que fazem parte do cotidiano do carioca, como as expressões culturais, que têm no Carnaval o maior representante. Não à toa, O DIA se dedica a cobrir o evento durante o ano inteiro, mantendo o maior canal de informações sobre o tema sempre ativo em seu site”. Além de Penalva, integraram o júri Adriana Bombom, Selma de Matos (a Selminha Sorriso), Milton Cunha, Sidney Rezende, Raissa Alves, Jorge Elian, Christian Teixeira, Marcio Formiga, Simone Drumond, Marino Costa e Paulo Guimarães.

Os jurados avaliam os quesitos sociabilidade, simpatia, facilidade de expressão, espírito carnavalesco e domínio da arte de sambar. As candidatas a Rainha e Princesa precisam ainda preencher requisitos de beleza do rosto, harmonia de linhas físicas e desembaraço.

O músico Fábio Damião e a dançarina Uillana Adães, Rei Momo e Rainha do Carnaval 2017, se despediram do público na grande final. Uma regra recente da Riotur impede que eles concorressem à reeleição. A festa foi animada com show gratuito do grupo Pique Novo e pela bateria do Rio Samba Show. 

Superação: 2ª Princesa perdeu 19 quilos

Eleita 2ª Princesa de 2018, a designer de moda Cintia Martins de Oliveira, contou aos jurados que perdeu 19 quilos desde o ano passado. Esta foi a terceira vez que participou da disputa. Moradora de Jacarepaguá, Cintia desfila como passista na Mangueira e também atua como orientadora de projetos sociais para menores carentes. Graças a um olheiro que a viu se apresentando na edição anterior, ela descobriu outra profissão concorrendo à coroa de rainha: tornou-se modelo.

“Minha superação foi esplêndida. Até mesmo porque quem me conhece sabe que eu sou sambista desde criança, tenho uma história no samba e esse momento é único. Ano passado eu estava bem acima do peso. Por motivos pessoais eu fiquei um pouquinho fora do samba, e eu também queria me formar em designer de moda. E quero deixar bem claro que o samba precisa disso: de mulheres que estudam, que procuram galgar algo melhor e maior”, declarou Cintia.

A 1ª Princesa, Deisiane Jesus, levou à Cidade do Samba uma torcida em peso de Madureira e adjacências. Torcedora da Portela e do Império Serrano, escolas de sua região, ela desfila desde os 4 anos de idade. Deisiane, que trabalha como professora de maquiagem pela Faetec na Mangueira, disse que continuará persistindo para chegar ao posto de rainha. “Vou continuar estudando para no ano que vem voltar bem mais preparada e de repente conseguir ser rainha do Carnaval. Mas vamos aproveitar esse ano maravilhoso e de superação. Está só começando. Estou muito feliz também.”


Votacão popular Rei Momo e Rainha

Rei Momo
1º - Milton da Silva Junior - 6.046 Votos
2º - Wilson da Costa Neto - 1.484 votos
3º - Luiz Otávio Cabral - 1.043 votos
4º - Danyel Rodrigues - 873 Votos
5º - Amenon Silva - 757 votos
6º - Marcos Luiz da Silva - 747 votos

Rainha

1º - Jéssica Maia - 6.367 Votos
2º - Deisiane Jesus - 1432 Votos
3º - Larissa Reis - 638 Votos
4º - Amanda Mattos - 632 Votos
5º - Viviane Ramos - 622 Votos
6º - Cintia de Oliveira - 563 Votos
7º - Mayara Santos - 370 Votos
8º - Andressa Clemente - 326 Votos


Total = 21.900 Votos


Classificação final

Rei Momo

1º - Milton da Silva Junior

2º - Wilson da Costa Neto

3º - Danyel Rodrigues

Rainha e princesas

Rainha - Jéssica Maia

1ª Princesa - Deisiane Jesus

2ª Princesa - Cintia de Oliveira

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie