FOTOGALERIA

Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio

Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico Leo Cordeiro / Divulgação
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico Leo Cordeiro / Divulgação
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico Leo Cordeiro / Divulgação
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico Leo Cordeiro / Divulgação
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico Leo Cordeiro / Divulgação
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico
Porta-bandeira da Portela homenageia Clara Nunes em ensaio fotográfico Leo Cordeiro / Divulgação

Rio - A porta-bandeira da Portela, Lucinha Nobre, fez um ensaio fotógrafico inspirado em Clara Nunes, cantora que será homenageada no enredo de 2019 da Portela. 

As fotos, todas feitas no bairro de Madureira, começaram no quiosque de flores preferido de Tia Dodô, eterna porta-bandeira da escola, e terminaram na quadra da azul e branco. Os trilhos da estação de trem, o Mercadão e o Parque Madureira também serviram como cenário.

"Foi emocionante demais fazer as fotos. Assim como será também carregar a bandeira da escola no ano em que ela homenageia uma de suas maiores representantes. Na quadra, teve muita gente que chorou quando me abraçou", conta Lucinha, que defenderá o pavilhão na Avenida com o mestre-sala Marlon Lamar.

Assinado pelo fotógrafo Leo Cordeiro, o ensaio teve produção de Bruna Franklin e a maquiagem de Guilherme Camilo.

Em 2019, a Portela será a terceira escola a desfilar na Segunda-feira de Carnaval com o enredo "Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá", desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães.