Profissionais dão dicas para começar o ano com mais saúde

Confira como deixar o sedentarismo de lado e entrar em forma

Por BRUNNA CONDINI | brunna.condini@odia.com.br

Pauta sedentarismo e atividade física (pag. 3)
Pauta sedentarismo e atividade física (pag. 3) -

Rio - Começo do ano pede movimento e planejamento dos próximos passos. Essa costuma ser uma época em que as pessoas vão em busca de hábitos que tragam qualidade de vida, como sair do sedentarismo.

Claudia Vieira, professora da academia Bio Ritmo, na Barra, fala dos desafios que identifica quando alguém chega querendo começar uma rotina de exercícios. "A mudança de rotina, tempo e aceitação, são alguns", observa. "É preciso ter em mente os benefícios que a atividade física promove, e entender a importância de manter hábitos que o ajudem nessa prática, melhorando tanto sua qualidade de vida, como a sensação de bem estar. Buscar atividades em que possua identificação e prazer também é muito importante". E salienta: "A orientação de profissionais também é importante. Copiar o treino de outras pessoas não é recomendado e muitas vezes, perigoso".

MUDANÇA DE HÁBITOS

O executivo de vendas Rafael Clemente, 41 anos, conta como mudou sua vida há dez anos. "Fui saindo gradualmente do sedentarismo, do tabagismo, e do excesso de peso. Minha saúde estava comprometida e meus exames bem ruins. Eu tinha 31 na época", lembra.

E fala dos benefícios de ter conseguido transformar a rotina que não curtia mais. "Hoje faço exercícios funcionais, musculação.Tive melhora na performance no trabalho, e descobri que a saúde não é só física, mas também emocional, mental e espiritual. Hoje eu vivo uma filosofia que é chegar à minha melhor versão. Também busco meditação, leitura, para ter a saúde total com qualidade. Há 10 anos eu parecia mais velho do que sou hoje".

PACIÊNCIA E FOCO

Rodrigo Lourenço, personal trainer e consultor fitness, fundador da RL Fitness, empresa de consultoria online, lista os ganhos em investir em um plano de treino individual. "Ele é específico para seu perfil, realidade, necessidade, limitações e objetivos. Os resultados acabam sendo melhores".

O professor destaca ainda, a necessidade da constância. "As maiores dificuldades são ter motivação para recomeçar e paciência de continuar. É muito comum querer resultados rápidos, mas isso não existe", alerta. "Foram meses, anos de sedentarismo e maus hábitos alimentares, coloque pequenas metas. Não precisa querer começar indo na academia todos os dias. Se comprometa em ir, por exemplo, três vezes na semana e vá evoluindo as poucos"

Comentários

Últimas de DMulher