Economia

Consulta ao 13º do INSS liberada na sexta

Aposentado pode verificar contracheque com antecipação de 50% do abono

Rio - A Previdência começa a liberar na sexta-feira consulta pela internet (www.previdencia.gov.br) ao contracheque com valores da primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas do INSS. Mais de 24 milhões de segurados — cerca de 2,5 milhões no estado —, também podem verificar quanto vão ganhar de antecipação pela Central 135. Já quem não tem acesso à internet deve ir a uma agência do instituto a partir da próxima segunda-feira para verificar o valor. 

Quem não tem internet deve ir à agência a partir de segunda-feira EBC

O INSS inicia o pagamento de 50% do abono de Natal dia 25 deste mês para quem ganha um salário mínimo (R$ 937) e tem final de matrícula 1. A parcela sairá com os benefícios de agosto. Em 28 de julho, o governo publicou decreto autorizando a antecipação na folha deste mês.

O valor corresponde a metade do benefício. Por exemplo: quem recebe o mínimo terá mais R$ 468,50 na conta, além do habitual. Já quem ganha R$ 1,1 mil, vai ganhar R$ 550 de 13º. De acordo com o decreto, a segunda parcela será creditada na folha de novembro.

Vale lembrar que a primeira parte do 13º do INSS vem sem desconto de Imposto de Renda (IR) na fonte. Os abatimentos só serão feitos na segunda parcela no fim do ano. Quem tem 65 anos ou mais fica isento de IR. Já no auxílio-doença, não há essa cobrança.

QUEM TEM DIREITO

Quem ganha acima do mínimo receberá o benefício entre 1º e 8 de setembro. Tem direito ao pagamento antecipado, além dos aposentados e pensionistas, segurados que recebem auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão e salário-maternidade. Não ganham o abono de Natal as pessoas com benefícios assistenciais.

Para ter acesso ao contracheque, o aposentado do INSS deve entrar no site da Previdência e clicar na área de Extrato de Pagamento. Em seguida, tem que ir até Emitir Extrato e depois em Extrato Previdenciário.

É preciso procurar o ícone Fazer Login. Após deverá digitar o seu CPF, a senha e um código de segurança que vai aparecer na tela do computador. 

PARA ACESSAR

- Caso o segurado não tenha senha cadastrada, terá que clicar à direita da tela para poder fazer uma. Anote a senha que foi gerada.

- Em seguida, é necessário ligar para o 135 para validar a senha ou procure qualquer agência da Previdência Social. Não é preciso agendar o serviço.

- Acesse o link novamente. Haverá notificação de “Senha expirada” para que você crie seu próprio código. Após o preenchimento com a senha criada e o CPF, o extrato será exibido.

- De acordo com a Previdência, os bancos também oferecem o serviço nos caixas eletrônicos, bastando utilizar o cartão e a senha usada para receber o benefício. Em caso de dúvidas, o segurado deve ligar para a Central 135.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie