Empregos & Negocios

Ciclo de capacitação para gestores de academias

Fórum dedicado de palestras organizado pelo Sebrae/RJ acontece na próxima sexta-feira

Rio - O Sebrae/RJ promove, na próxima sexta-feira, um evento para a capacitação de gestores de academias e empresas do segmento fitness. A sexta edição do Fórum Sebrae Mercado Fitness é voltado para pequenos e médios empresários e para o microempreendedor individual. O ciclo de palestras e atividades acontece entre 9h e 18h, no Centro de Convenções do Shopping Nova América, em Del Castilho.

Encontro é voltado para pequenos e médios empresários do mercado fitness. Em destaque, temas como inovação e modelos de negócios Divulgação

As palestras vão abordar temas como marketing, serviços de excelência, modelos de negócio e inovação. Um dos destaques do evento é a palestra de Léo Cabral, gerente nacional de musculação e de programas da Bodytech. Às 10h30, o profissional fala sobre o tema 'Como formar preço e ter lucro no mercado de academias?'. E retorna às 11h30 para nova palestra sobre 'Como aplicar o conceito de Excelência em prestação de serviços em academia?'.

Segundo Leandro Marinho, coordenador do Sebrae/RJ na Zona Norte, o fórum faz parte de um projeto da instituição que busca desenvolver soluções específicas para o mercado fitness de acordo com as demandas das empresas. "Desde 2016 realizamos encontros dedicados ao segmento fitness, particularmente nas cidades do Rio, Niterói, Cabo Frio e Três Rios. O compromisso da instituição é entender fragilidades e oportunidades deste mercado para contribuir com a evolução destes negócios de forma sustentável", diz Marinho.

De acordo com o setor e Estatísticas do Simples Nacional (Sinac), o Estado do Rio tem 5.629 academias. Já o Brasil fica atrás apenas dos EUA no mercado mundial.

Alunos do Top Empreendedor mostram resultados

Moradores de comunidades carentes do Rio apresentaram ontem os resultados obtidos após 500 horas de consultoria do Programa Top Empreendedor, do Sebrae/RJ. Inciado em maio, o projeto teve duração de seis meses e contou com a participação de empreendedores do Alemão, Barreira do Vasco, Cidade de Deus, Jacarezinho, Maré, Penha, Rio das Pedras, Rocinha e Vila Kennedy.

Durante o evento, no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro, na Praça Tiradentes, os empreendedores da Rocinha contaram que tiveram aumento de cerca de 20% do faturamento com o programa de mentoria. Outros benefícios como implantação de controles informatizados, padronização de processos e análise de indicadores financeiros também foram citados pelos participantes.

O projeto tem novo edital previsto para março de 2018. "Vamos trabalhar com bairros que combinam IDH baixo com forte potencial de desenvolvimento econômico", diz Fabiana Ramos, analista do Sebrae/RJ.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie