Educação

Nervoso, jovem toma remédio para dormir e perde prova do Enem

Portões das instituições que aplicam primeira etapa da prova fecharam às 13h. No Estado do Rio, quase 500 mil pessoas se inscreveram para exame

Rio - Pontualmente às 13h, os portões das instituições que recebem esta primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo, fecharam. Muita euforia e expectativa para prova e, como sempre, muitos atrasados.  

Foi o caso do jovem Derick Viana, 18 anos, que junto com a amiga chegou atrasado nas Faculdades Integradas Hélio Alonso (Facha), em Botafogo, na Zona Sul. Ansioso com a prova, ele tomou medicamento para relaxar e acabou dormindo demais. "Fico muito nervoso, então tomo remédio pra dormir. Aí perdi a hora", disse. 

Derick Viana, 18 anos, chegou atrasado na primeira prova do Enem com a amiga Estefan Radovicz / Agência O Dia

"Estou frustrado. Era um exercício importante. Quero fazer cinema. Acabou o meu dia", lamentou o estudante do segundo ano do ensino médio. A amiga Mariana Alcântara, de 16 anos, também chateada, tentava consolá-lo. Foi uma sucessão de imprevistos que causou o atraso. 

"Ele acordou atrasado e eu ainda por cima confundi a universidade. Nos atrasamos. Não sei nem o que dizer", lamentou a adolescente. Antes de chegarem na Facha, os dois foram parar na Universidade Santa Úrsula, também em Botafogo.

Sonhos e longas filas

Na Lapa, a fila do Enem na Universidade Estácio de Sá estava grande ao longo da Rua do Riachuelo. O estudante Rafael do Santos, 18 anos, não escondia o nervosismo. "Vou fazer para educação física. Exercitei muito a redação", contou.

Estudantes participam da primeira prova do Enem neste domingo Estefan Radovicz / Agência O Dia

O sonho de fazer medicina guiou Claiton Rodrigues, morador da Vila do João, no Complexo da Maré. "Meu sonho é ser médico. Ainda não sei que especialidade, mas amo crianças. Estudei a vida inteira pra isso", explicou.

Já Daniele Gomes demonstrou calma antes de entrar para fazer o exame. "Estou tranquila, me preparei muito. Estudei um ano inteiro, foram mais de 48 redações e 8.000 mil exercícios feitos", conta a jovem que sonha se tornar geóloga pra cuidar do meio ambiente.

No primeiro dia de maratona de provas, que só termina no próximo domingo, as disciplinas são Linguagens, Códigos e sua Tecnologia e Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da Redação, colocada este ano na fase inicial. No Estado do Rio, quase 500 mil pessoas se inscreveram para o exame. Ainda não há o número de pessoas presentes e faltosos neste domingo. 

Daniele Gomes quer tentar uma vaga para Geologia Estefan Radovicz / Agência O Dia

Em todo o país, são mais de 6,7 milhões de brasileiros inscritos para participar da edição deste ano. Ao todo, 1.725 municípios receberão o exame.  No próximo domingo, dia 12, será as questões serão de Ciência da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. 

Redação do Enem é sobre desafio para Educação de surdos

O tema da redação do Enem deste ano foi sobre "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil". O tema, como era esperado, envolve um debate sobre direitos humanos e inclusão social.

Por decisão judicial, neste ano, pela primeira vez, quem desrespeitar os direitos humanos não terá a redação zerada automaticamente. A decisão foi tomada pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia, neste sábado. Ela afirmou que 'não se combate a intolerância social com maior intolerância estatal'.

Site do DIA publica gabarito extraoficial

O site do DIA e professores do curso ProEnem vão comentar as questões e divulgar o gabarito extraoficial, após o término do exame. A divulgação oficial do gabarito será somente no dia 16. 

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie