Confira as atividades de campanha dos candidatos ao governo do Rio nesta quarta-feira

Eduardo Paes (DEM) fez caminhadas em Bonsucesso e em Belford Roxo; Romário (Podemos) foi a Itaboraí e São Gonçalo; Garotinho gravou propaganda eleitoral

Por O Dia

Palácio Guanabara
Palácio Guanabara -

Rio - Confira o que fizeram, nesta quarta-feira, os candidatos ao governo do Rio mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto. 

Eduardo Paes (DEM)

Gravou programa eleitoral de manhã. À tarde, fez caminhada em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio e em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Paes, fez se comprometeu a, se eleito, reativar o teleférico do Complexo do Alemão e fazer melhorias nos ramais de trens do subúrbio, 'de maneira que eles operem como um metrô de superfície'.

Romário (Podemos)

Fez caminhadas em Itaboraí e São Gonçalo.

Anthony Garotinho (PRP)

Gravou programa para a propaganda eleitoral de TV. Não houve agenda pública de campanha.

Indio da Costa (PSD)

Deu entrevista à Rádio Costa Azul, de Angra dos Reis, e ao programa RJTV, da TV Globo.

Tarcísio Motta (Psol)

Conversou com trabalhadores da Cedae, no Centro do Rio, e defendeu que a empresa deve ser pública e estratégica para o estado. "A Cedae é a possibilidade de gerar emprego e renda na Baixada Fluminense, com as obras do Guandu 2, além de saúde, porque cada R$1,00 gasto com saneamento equivale a menos R$ 4,00 que você precisa gastar com saúde. É qualidade de vida para a população, água e esgoto são direitos”, afirmou. 

Marcia Tiburi (PT)

Fez corpo a corpo no Calçadão de Bangu na Zona Oeste ao lado do candidato à reeleição ao Senado Lindbergh Farias, da candidata à reeleição à Câmara dos Deputados Benedita da Silva e de candidatos locais.

Pedro Fernandes (PDT)

Fez caminhada com o presidenciável Ciro Gomes (PDT) no Saara, no Centro do Rio. Pedro Fernandes disse que vai investir em educação para ajudar a transformar o estado. "Quero dizer da minha alegria em caminhar com o Ciro Gomes, presidente que vai ajudar o Rio de Janeiro, junto com o nosso governo, a voltar a priorizar a Educação. Depois de Brizola nenhum governante, infelizmente, priorizou a Educação e, por isso, a gente arca com as consequências dessa violência indiscriminada, da falta de oportunidade e de emprego”, destacou.

Participaram da caminhada pela Saara Carlos Lupi, presidente nacional do PDT; Rodrigo Neves (PDT), prefeito de Niterói; Dr. Julianelli (PSB), candidato a vice-governador; deputados federais e estaduais, como Alessandro Molon (PSB), Chico D’Angelo (PDT), Martha Rocha (PDT) e Thiago Pampolha (PDT), além de José Bonifácio (PDT), candidato ao Senado.

Marcelo Trindade (Novo)

Deu entrevista de manhã à Rádio Globo. Ele defendeu que o Estado deve reduzir despesas de pessoal, cortando gastos com cargos de confiança e terceirizados. Em corpo a corpo na Rua Uruguaiana, no Centro, Trindade defendeu a desburocratização do estado para incentivar o empreendedorismo e a necessidade de regularização dos ambulantes da região. "O Rio de Janeiro está falido e precisa cortar despesas. Há muitas despesas para cortar, encerrando o funcionamento de órgãos desnecessários, vendendo o que puder vender, como privatizar a Cedae, e cortando cargos de confiança, cargos terceirizados. Estou chocado, pasmo, com o fato de os meus adversários dizerem que não vão privatizar a Cedae, que não vão reduzir despesas”, afirmou.

Durante o almoço, o candidato participou de um encontro com empresários na Câmara Americana de Comércio (AMCHAM), no Centro do Rio.

Wilson Witzel (PSC)

Foi entrevistado por jornalistas da rádio CBN e do portal G1. À tarde, gravou para as redes sociais e para o programa eleitoral da TV.