Esporte

'Quem não precisa aprender vai à praia', alfineta Renato Gaúcho

Após título do Grêmio pela Copa do Brasil, treinador comentou sobre os técnicos que precisam ir à Europa estudar sobre o futebol

Porto Alegre - Após ficar dois anos longe do futebol se revezando entre a praia e o futevôlei, Renato Gaúcho, na noite da última quarta-feira, aproveitou a comemoração do Grêmio pelo título da Copa do Brasil para ironizar os treinadores 'estudiosos' que precisam ir para a Europa aprender. Além de alfinetar os técnicos concorrentes, ele brincou pedindo estátua, e ainda recebeu cerveja durante a entrevista coletiva.

Técnico Renato Gaúcho comemora o título com seus jogadores EFE

"Quem precisa aprender, estuda, vai pra Europa... Quem não precisa vai pra praia. Eu falo isso, e muitos criticaram. Disseram: estão trazendo um treinador que estava jogando futevôlei... Eu pergunto, e agora? E ai? Futebol é como andar de bicicleta. Quem sabe, sabe. Quem não sabe, vai estudar", disse Renato Gaúcho.

Duante o período em que esteve afastado do futebol, Renato Gaúcho não realizou nenhum tipo de estágio ou cursos para aperfeiçoar seus conhecimentos acerca do assunto. O técnico permaneceu no Rio de Janeiro, frequentando bastante a praia, participando de comerciais de televisão e assistindo jogos acompanhado de sua filha Carol Portaluppi.

Depois de ficar 15 anos em jejum, o Grêmio conquistou a Copa do Brasil pela quinta vez, na noite da última quarta-feira, em cima do Atlético-MG.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie