Esporte

Lutador do UFC sente fortes dores no coração e culpa maconha medicinal

Depois do susto, norte-americano resolveu largar de vez a droga

Estados Unidos - O UFC libera a maconha para uso durante períodos em que os lutadores não estejam competindo. Muitos atletas utilizam a droga, porém nem todos se dão bem com a erva, como foi o caso do norte-americano Diego Sanchez. Durante um treinamento, onde estava sob o efeito da marijuana, Sanchez sentiu fortes dores no coração e colocou a culpa na droga.

Diego Sanchez, UFC Reprodução Instagram

O veterano do Ultimate, que já teve problemas com vício em drogas ilícitas, revelou ao programa 'The MMA Hour'que conseguiu uma licença para o uso de maconha medicinal no Novo México, mas que o tratamento causou taquicardia durante um treino.

"Fui para o chão e senti algo dentro do meu coração. Não era, tipo, uma lesão muscular. Era algo interno. Eu apenas deitei e pensei, "Parei esta semana". No momento que eu deitei no fundo da academia, eu instantaneamente sabia que era por causa daquela maconha medicinal. O que quer que aconteceu, foi sério. Eu podia sentir que algo estava acontecendo, e eu estava muito, muito aterrorizado que se meu batimento cardíaco acelerasse de novo, eu pudesse morrer", relatou Diego Sanchez.

Mesmo levando um susto, o lutador não procurou de imediato um médico e optou por orar e jejuar, mas temendo que sua carreira fosse terminar, ele resolver procurar ajuda. Os médicos o tranquilizaram e disseram que seu coração está perfeito. Duvidando do diagnóstico, Diego resolveu largar de vez a maconha.

"Meus pulmões estavam sendo afetados, e eu ainda tinha a mentalidade de treinar como um guerreiro, então quando isso aconteceu comigo, aquele dia na academia, eu ainda estava experimentando com a maconha medicinal... Eu fiz isso, eu adorei, consegui meu remédio... Não estou julgando, estou dizendo que maconha medicinal não é para todo mundo, e não é para mim", afirmou o lutador.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie