Esporte

Homem ameaça matar filho mais velho de Schumacher e exige mais de R$ 3 milhões

Chantagista afirmou que mataria Mick 'de uma maneira ou de outra'

Suiça - Um decorador alemão de 25 anos se deu mal em uma tentativa de extorquir a família Michael Schumacher. Identificado apenas como Huseyin B., ele enviou e-mail á Corina Betsch, mulher do ex-piloto de Fórmula 1, e ameaçou matar o filho mais velho do casal, Mick, de 17 anos de idade, caso não fosse depositado em sua conta até o dia 31 de março o valor de cerca de R$ 3,3 milhões.

Mick Schumacher, que tem apenas 17 anos, foi ameaçado de morte Reprodução

"Se eu não receber o dinheiro antes de 31 de março, seus filhos serão assassinados de uma maneira ou de outra. Na Fórmula 4, há muitos acidentes...", disse o chantagista, em um e-mail enviado à Corinna Schumacher. Huseyin B. fez referência à categoria automobilística na qual Mick compete.

Em seguida, Corina acionou as autoridades suíças e uma investigação policial foi aberta para encontrar o alemão, o que não foi difícil, pois ele enviou seus dados pessoais e bancários em uma das mensagens.

Huseyin foi preso e confessou o crime e foi condenado a 21 meses de liberdade condicional e ainda terá que pagar uma multa de R$ 16,6 mil. Além de 50 horas de trabalho comunitário e participar de terapias.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie