Esporte

Craque do Real Madrid pode pegar cinco anos de prisão por mentir em julgamento

Meia é acusado de dar falso testemunho em denúcia sobre corrupção

Croácia - O meia do Real Madrid Luka Modric está na mira da Promotoria da Croácia. Ele é suspeito de dar falso testemunho durante o julgamento do ex-presidente do Dínamo de Zagreb, Zdravko Mamic. O ex-dirigente do time é acusado de corrupção.

Modric pode até ser preso Divulgação

O jogador do Real pode enquadrado no crime de perjúrio, já que dar falso testemunho na Croácia é um ato passível de pena de até cinco anos de prisão.

A Promotoria afirma que as declarações de 13 de junho deste ano são diferentes das dadas em 30 de agosto de 2015 perante o Escritório de Luta contra a Corrupção e o Crime Organizado (USKOK). Após o fato, vários torcedores mostraram decepção com a atitude do jogador ao ajudar Mamic.

Zdravko Mamic, considerado o chefão do futebol do país, é investigado por desviar aproximadamente 15,6 milhões de euros relacionados com a contratação de vários jogadores. A Procuradoria também o acusa de ter evadido 1,6 milhões de euros.

Os grandes beneficiados por essas transações, conseguidas supostamente por meio de contratos fictícios, seriam o irmão e treinador Zoran Mamic, um funcionário fiscal e um dirigente da Federação Croata (HNS), Damir Vrbanovic.

Os irmãos Mamic teriam obtido a maior parte do dinheiro, aproximadamente 12 milhões de euros, segundo a Procuradoria.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie