Esporte

Ex-goleiro do Botafogo está internado no CTI após passar por cirurgia no cérebro

Max sofreu edema na cabeça após tentativa de assalto em Caxias

Rio - O ex-goleiro do Botafogo Max vive um drama. Ele passou por uma cirurgia no Hospital da Lagoa, na manhã desta sexta-feira, por causa de um edema cerebral que sofreu após uma tentativa de assalto em Duque de Caxias.

Max foi goleiro do Botafogo Márcio Mercante / Agência O Dia

Segundo a esposa do ex-jogador alvinegro, Marilda Faislon Luzia, ele passou pelo procedimento de Derivação Ventricular Externa (DVE), uma drenagem liquórica no cérebro. De acordo com o 'Globoesporte.com', o procedimento foi bem realizado, mas Max foi transferido para o CTI e não há previsão de alta.

"A cirurgia foi boa. O Max permanece no CTI, mas o neuro nos deixou tranquilos. Está tudo bem. Ainda não temos previsão de nada, está tudo muito recente. Agora, é combater a doença que ainda está sendo analisada. Vamos orar para que o Max saia dessa situação rindo e brincando com todos, como ele sempre fez", afirmou Marilda.

Com passagens por clubes de menor expressão do Rio de Janeiro, como Portuguesa, Friburguense, América e Bangu, os cinco anos no Botafogo representaram a melhor fase da carreira de Max, que fez mais de 80 jogos pelo clube.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie