Esporte

Mais um? Após Chile, Mike Tyson fica impedido de entrar em outro país

Ex-boxeador já foi preso nos Estados Unidos, em 1992, por estupro

Argentina - Depois de Mike Tyson ser impedido de entrar no Chile, foi a vez do ex-boxeador ser barrado também na Argentina. O governo do país da Amérida do Sul não permitiu a entrada devido aos seus antecedentes criminais nos Estados Unidos. Ele foi preso em 1992 por estupro.

Mike Tyson Reuters

A Polícia de Investigações (PDI) do Chile negou a entrada ao ex-boxeador em Santiago, Tyson, de 51 anos, tentou viajar para Buenos Aires. Segundo a agência de notícias EFE, as autoridades migratórias argentinas souberam que o ex-campeão mundial de boxe pretendia viajar para Buenos Aires, após ser barrado em Santiago. Com isso, os profissionais fizeram contato com a companhia aérea 'Aerolíneas Argentinas' para pedir que seu embarque não fosse permitido.

Segundo o jornal argentino “Clarin”, a norma obriga que as companhias aéreas informem os dados dos passageiros à autoridade migratória da Argentina 30 minutos antes da saída do voo. A polícia chilena afirmou, na última quinta-feira no Twitter, que Tyson não cumpria com os requisitos previstos na lei chilena para estrangeiros. O lutador teria sido colocado em outro voo de volta para os Estados Unidos.

O ex-boxeador tinha chegado a Santiago para ser o anfitrião da premiação Space Awards, que escolhe os melhores filmes de ação. Tyson já cumpriu três anos de uma pena de seis na prisão norte-americana por estupro em 1992. 


Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie