Esporte

Após pendurar as luvas, Popó vai virar empresário de boxe

Popó promete buscar novos lutadores: 'em busca de novos talentos'

Belém - Acelino Popó Freitas parou de lutar no sábado, mas vai continuar no boxe. O ex-campeão mundial vai iniciar em breve a carreira de empresário. "Vamos fazer vários eventos aqui em Belém", disse o baiano, de 42 anos. "Vamos em busca de novos talentos."

Popó anunciou o fim da sua carreira Divulgação

Popó teve o apoio do governo do Pará e de alguns patrocinadores para a realização da luta de sábado à noite, contra o mexicano Gabriel "El Rey" Martinez, duelo que marcou o fim de sua carreira de 27 anos como pugilista.

"Se tivesse ganho por nocaute, ficaria uma vontade de quero mais Mas a luta foi dura. Bater é bom, apanhar não é. Por isso, não quero mais lutar", brincou Popó, depois da luta na qual foi apontado como vencedor, por pontos, após oito assaltos. 

Popó vai ter como parceiro nas futuras organizações Ulisses Pereira, que foi seu técnico e é amigo de muito tempo. "Ulisses é como um irmão, um pai, um grande amigo", disse o ex-campeão dos superpenas e leves.

Em sua carreira profissional, que teve início em 1995, Popó somou 41 vitórias e apenas duas derrotas. O boxeador também foi medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Mar Del Plata, em 1995.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie