Esporte

Presidente da Federação Peruana pede orações para Paolo Guerrero

Jogador teve a sua suspensão preventiva aumentada para 20 dias

Peru - O caso de doping envolvendo Paolo Guerrero de fato tem mobilizado todo o Peru. Nesta quarta-feira, o presidente da Federação Peruana de Futebol, Edwin Oviedo, pediu orações para o atacante. Ele afirmou que a extensão da suspensão do atleta foi de vinte dias.

"Temos de rezar porque é uma questão que está nas mãos da Comissão. Esperamos que esses dias possam resolver favoravelmente a questão de Guerrero, afirmou o dirigente, em declarações publicadas pelo jornal peruano “Líbero”.

Guerrero testou positivo em exame antidoping AFP

Paolo Guerrero esteve presente na Suíça para uma audiência na semana passada.  A previsão de resultado era para esta semana. Se fosse absolvido, poderia quem sabe jogar contra o Independiente no Maracanã. Agora, a hipótese fica descartada.

O jogador responde à investigação por ter testado positivo para uso de benzoilecgonina, um metabólito da cocaína, em exame realizado depois do empate em 0 a 0 entre Argentina e Peru, em Buenos Aires, pela penúltima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa da Rússia de 2018, no dia 5 de outubro.

A principal suspeita era justamente sobre o uso de cocaína, mas o atacante garantiu que esta possibilidade já foi descartada pela entidade, após julgamento realizado na última quinta-feira.


Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie