Croácia e Dinamarca fazem um duelo de opostos na Copa do Mundo

Com estilos de jogo muito diferentes, seleções tentam avançar

Por

Croácia tem desafio importante neste domingo
Croácia tem desafio importante neste domingo -

Rússia - O duelo deste domingo, às 15h (de Brasília), em Nizhny Novgorod, colocará frente a frente a Croácia, que marcou sete gols na primeira fase da Copa Rússia, sendo três em cima da Argentina, e a Dinamarca, que carrega uma invencibilidade de 18 partidas e promete ser mais ofensiva. Quem ganhar avança para as quartas de final e pega o vencedor de Espanha e Rússia, que se enfrentam em Moscou.

"Temos todo o respeito pela Dinamarca. Os 18 jogos de invencibilidade falam muito sobre a qualidade, disciplina do time. Os jogadores sabem o que fazer em cada momento. Será um jogo muito difícil. Temos que ser cautelosos, pacientes, esperar pelas nossas chances. Reitero: temos um grande respeito pelo nosso rival e será um jogo muito difícil", afirmou o técnico Zlatko Dalic.

A melhor campanha da Croácia em Copas aconteceu em 1998, na França, quando terminou em terceiro. "É um jogo importante para nós. Fomos fantásticos na fase de grupos e temos que ficar orgulhosos disso. Mas é um novo jogo, nos faz esquecer tudo o que aconteceu antes. Vai ser um teste para nós. É o ponto alto dessa geração que tem esse obstáculo desde 1998. Espero que nós sejamos capazes de mostrar o que fizemos no grupo, jogamos bem, fomos compactos, como um grupo", disse o meia Modric.

MAIS OFENSIVA

Na Dinamarca, que só marcou dois gols na primeira fase, o técnico Age Hareide prometeu uma equipe mais ofensiva: "Temos muitos bons jogadores, temos um time. É o que nos trouxe até aqui agora. Sabemos que a Croácia tem muita habilidade, valores individuais, mas acho que vocês verão uma Dinamarca diferente."

Segundo ele, a equipe vai procurar mais o gol: "Precisaremos jogar diferente para avançar. Temos que defender, mas atacar mais do que fizemos nos outros jogos", destacou Hareide.

Comentários