Técnico se revolta com gol no finalzinho e agride bandeirinha. Veja o vídeo

Partida aconteceu na Segunda Divisão da Bulgária

Por O Dia

Bulgária - Os auxiliares dos árbitros, popularmente conhecidos como bandeirinhas, são figuras controversas no futebol e são sempre muito criticados por dirigentes, treinadores e torcida. Só que a situação passou dos limites em uma partida na Segunda Divisão da Bulgária.

O treinador do time do Kariana Erden, Atanas Dzhambazki, se revoltou com um gol sofrido nos acréscimos e invadiu o campo para agredir o árbitro. Como o bandeirinha entrou no caminho para impedi-lo, sobrou para ele. Levou vários socos e teve que ser contido por seus próprios atletas.

No final, seu time perdeu para o Strumska Slava por 2 a 1 e Atanas acabou sendo conduzido pela polícia para fora do gramado. O treinador ainda não foi julgado, mas deve pegar um gancho pesado pelo ato impensado.

Últimas de Esporte