Presidente do PSG se irrita com Real Madrid por assédio a Neymar: 'Não gostamos nada'

Camisa 10 do Paris Saint-Germain está sendo especulado em clubes europeus, mas confirmou permanência no time francês

Por O Dia

Presidente do PSG reclama de assédio de Real Madrid a Neymar
Presidente do PSG reclama de assédio de Real Madrid a Neymar -

França - O camisa 10 do Paris Saint-Germain, Neymar ganhou os holofotes ao redor do mundo. Nos últimos dias, o atacante tem sido especulado em diversos clubes europeus, incluindo o Real Madrid. Em entrevista ao jornal espanhol 'Marca', o presidente do clube francês Nasser Al-Khelaifi reclamou do assédio e disse que espera conseguir manter uma relação de respeito com o time da Espanha.

"Para ser realista é um pouco frustrante (rumores que rondam Neymar), porque não é justo que outros clubes ou alguém fale com nossos jogadores. Não gostamos nada e falamos na época com o Real Madrid. Temos um bom relacionamento e respeitam o PSG, espero que seja verdade", disse.

"Respeitamos o Real Madrid e seu presidente, Florentino Pérez, mas acho importante que todos nós não trabalhemos nos bastidores. Eu não sei se você me entende. Se existe alguma coisa, é melhor que falemos, falemos com Florentino Pérez ou seja o que for e digamos o que gostamos e o que não gostamos. É o que esperamos de todos os clubes, não apenas do Real Madrid. Matar um ao outro não é o modo como o PSG trabalha e espero que outros clubes não façam isso conosco", completou.

Contudo, apesar da especulação, nenhuma oferta foi feita por Neymar na última janela de transferências. A fim de tentar acabar com os rumores, o craque afirmou que vai continuar no PSG. O dirigente do clube acredita que o camisa 10 conseguirá voltar a forma que tinha antes da lesão que o deixou fora dos gramados por três meses. 

"Agora ele está bem, está em forma. Ele se lesionou e não teve tempo para atingir o máximo, mas agora ele está confiante e estamos felizes em poder contar com ele na plenitude. Certamente este será seu ano, ele está feliz e ansioso, muito motivado. Nós precisamos dele, ele está envolvido para ganhar conosco", disse.

Além disso, o presidente ainda confessou que tem os melhores atacantes atuando junto com Neymar na equipe e se diz orgulhoso por ter Mbappé, Cavani e Dí Maria.

"Claro, temos os melhores atacantes (Neymar e Mbappé). Mas também temos Cavani, Di María... E é um orgulho, mas o bom é que isso permite pensar em um projeto de longo prazo. Vamos para cada título e vamos lutar porque é nossa obrigação", disse.

Últimas de Esporte