Fifa anuncia aumento importante de premiação para Mundial de Futebol Feminino

Atualmente, valor entregue é de US$15 milhões, cerca de R$60 milhões, e é dividido entre as 24 seleções participantes

Por O Dia

Brasil buscará classificação na Copa América para disputar Copa do Mundo
Brasil buscará classificação na Copa América para disputar Copa do Mundo -

Suíça - A FIFA anunciou nesta sexta-feira que vai aumentar a premiação no futebol feminino. O primeiro torneio a receber o novo valor será a Copa do Mundo de Futebol Feminino na França, em 2019.

A entidade descreveu o aumento como importante. No último Mundial, em 2015, o valor entregue dividido entre as 24 seleções participantes era US$15 milhões, cerca de R$60 milhões no câmbio atual. Na Copa do Mundo da Rússia, a federação pagou US$400 milhões, aproximadamente R$1,54 bilhão para as 32 seleções masculinas.

O novo valor que será entregue para as seleções femininas ainda não está definido. Segundo Emily Shaw, dirigente da Fifa, a quantia será definida nos dias 25 e 26 de outubro, durante reunião do conselho da entidade.

Existe uma pressão para que as condições entre ambas as seleções sejam semelhantes. Por isso, segundo a ESPN, além do valor da premiação, as equipes femininas também viajarão em classe executiva em voos com mais de quatro horas de duração, assim como os homens, que atualmente têm 50 passagens de ida e volta na classe em questão. 

A próxima competição a nível mundial da equipe feminina será a Copa do Mundo de Futebol Feminino, que tem início no dia 7 de junho de 2019 e está na sua oitava edição. A abertura será no Parc des Princes, estádio do PSG. O encerramento será no dia 7 de julho.

Até o momento, apenas a França já está classificada para o Mundial, isso porque os adversários serão definidos na Copa América, que também dará vaga para os Jogos Olímpicos de 2020. Atualmente, a seleção campeã mundial é a dos Estados Unidos.

 

 

Últimas de Esporte