Washington Rodrigues: Moedor de treinador

Por

Mano Menezes é o técnico do Cruzeiro
Mano Menezes é o técnico do Cruzeiro -

Rio - Flamengo e Grêmio, envolvidos em três competições paralelas, iniciam hoje à noite, na fria Porto Alegre, uma maratona criminosa jogando a cada três dias. O menu marca para esta quarta jogo pela Copa do Brasil, no sábado voltarão a se enfrentar, só que pelo Brasileirão, e, no dia 15, os gaúchos virão ao Maracanã pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Nos dias 8 e 29, o adversário será o Cruzeiro de Mano Menezes pela Libertadores, só que no dia 12 os mineiros vêm ao Maracanã para novo confronto, desta vez pela 18ª rodada do Brasileirão. Um mês inteiro enfrentando os mesmos adversários. O fastio é inevitável, a qualidade técnica fica comprometida, empobrecendo os espetáculos em prejuízo do torcedor. No fim, a cabeça que rola, que vai para a panela, é a do treinador derrotado. Os que aprovam este calendário alucinante não jogam, ficam na poltrona, pantufas e charuto, saboreando um uísque no ar-condicionado, fazendo as contas do quanto vão faturar.

PEDALADAS

O folclórico treinador Juan Carlos Osorio, demitido do comando da seleção do México, sonhava ser técnico do Palmeiras, veio o Felipão; sonhava ser técnico do Santos, veio o Cuca; e agora sonha ser técnico da Colômbia. Como dorme esse cara!

O atacante Vitinho, aprovado nos exames médicos e já com a situação regularizada na CBF, está à disposição do técnico do Flamengo, Mauricio Barbieri, para o jogo de hoje à noite, em Porto Alegre, contra o Grêmio. Agora é com ele.

BOLA fora

Neymar segue recebendo duras críticas pelo tal comercial da Gillette em que aparece pedindo apoio para voltar aos bons tempos. Se antes apanhava no campo, agora abriu pra geral.

BOLA DENTRO

A tecnologia finalmente chega ao futebol para diminuir a margem de erro. O árbitro de vídeo veio para ficar e todos aplaudimos isso. Só que não basta ter, é preciso saber usar.

DEMISSÃO SERIA INCOERÊNCIA

A diretoria do Botafogo deveria em seu próprio benefício vir a público desmentir categoricamente notícias sobre a possibilidade de demissão do técnico Marcos Paquetá. É inadmissível que um clube vá atrás de um profissional que estava trabalhando no futebol do exterior, entregue nas suas mãos um grupo de jogadores com os campeonatos em andamento e exija que consiga resultados imediatos. Demitir o Marcos Paquetá seria confissão de incompetência em papel timbrado da diretoria alvinegra.

Comentários

Últimas de A Palinha Do Apolinho