Washington Rodrigues: A hora das escolhas

Ganhar três competições é possível, mas muito pouco provável

Por O Dia

Renato Gaúcho é técnico do Grêmio
Renato Gaúcho é técnico do Grêmio -

Rio - Nenhum dos clubes entre os 20 que disputam a Série A dispõe de 11 titulares indiscutíveis, tecnicamente equilibrados. Imagine os reservas. Esse papo de elenco forte, capaz de permitir ao treinador fazer opções escalando equipes diferentes em determinados jogos é história do boitatá. O clube envolvido em três competições elege uma considerando premiação e grau de dificuldade. No momento, para quem está na Copa do Brasil, a prioridade é clara. Paga mais, quase R$ 68 milhões ao campeão, e é mais curta. No dia 15, por exemplo, Flamengo e Grêmio se enfrentam em jogo decisivo. Um seguirá na trilha e o perdedor elegerá sua segunda opção, provavelmente a Libertadores. Campeonato Brasileiro, patinho feio, fica como prêmio de consolação. Dos treinadores envolvidos, apenas Renato Gaúcho (foto) abre o livro e deixa claro as suas prioridades. Ganhar as três competições é possível, mas muito pouco provável, e eles sabem disso.

NOVO LÍDER DO BRASILEIRO

O jogo no Estádio do Morumbi foi fraco, lento, apesar do frio, e o São Paulo venceu o Vasco por 2 a 1 sem fazer muita força. O time de São Januário sofreu um gol com apenas um minuto de jogo e se assustou sem motivos. Os paulistas não fizeram uma grande partida, jogaram o suficiente para explorar as falhas do Vasco e chegar ao placar de 2 a 1 sem muita luta ou dificuldade. Pikachu, uma exceção entre os cariocas, empatou, mas, no fim, Tréllez de cabeça fechou o marcador e o São Paulo assumiu a liderança do Brasileiro.

PEDALADAS

Um erro de avaliação da comissão técnica do Flamengo expôs o veterano zagueiro Juan a dificuldades desnecessárias. Fora de ritmo e desentrosado, ele foi para a cruz na derrota de 2 a 0 para o Grêmio, sábado, em Porto Alegre.

No Mundial Feminino Sub-20, as meninas do Brasil estrearam sendo derrotadas pela seleção do México pelo placar de 3 a 2. No último lance do jogo, veio a chance do empate da equipe brasileira, mas Victória chutou o pênalti no travessão.

BOLA DENTRO

Pikachu vem fazendo a diferença no Vasco. É um jogador de múltiplas funções, do tipo que todo treinador sonha ter. Se o Jorginho tivesse mais uns dois como ele, o time seria outro.

BOLA FORA

Botafogo e Santos fizeram uma partida sonolenta no Engenhão. Houve momentos em que, se alguém entrasse e roubasse a bola, os jogadores demorariam bom tempo para perceber.

Comentários

Últimas de A Palinha Do Apolinho