Washington Rodrigues: Em busca do ouro

Por

Mano Menezes continua sem saber se poderá escalar Dedé contra o Santos
Mano Menezes continua sem saber se poderá escalar Dedé contra o Santos -

Rio - Cruzeiro e Corinthians vão começar a decidir nesta quarta à noite a Copa do Brasil 2018. Além do título, da vaga na Libertadores da América e da taça, o ganhador levará para casa a bolada de R$ 50 milhões, a maior premiação da América do Sul, que, somada ao já pago por etapa vencida, vai superar R$ 64 milhões, sem falar que o vice-campeão vai embolsar R$ 20 milhões, mais do que o campeão do Brasileiro, que se arrasta por 38 longas rodadas. Isso quer dizer, entre outras coisas, que a CBF elegeu a Copa do Brasil como a sua competição mais nobre. Os técnicos Mano Menezes e Jair Ventura jogam as fichas nos 180 minutos de bola rolando. São equipes medianas o Cruzeiro mais encorpado, com melhores valores individuais, e o Corinthians, com mais vontade. Duas torcidas inflamadas compondo cenários bem distintos. O ganhador poderá se dar ao luxo de ir para casa armar a árvore de Natal e pensar nas rabanadas, cumprindo tabela no restante da 'grande procissão'.

PEDALADAS

Edu Gaspar, bom aluno do Tite, especializa-se em contar estórias na seleção brasileira. Disse que vinha observando Lucas desde os tempos do Paris Saint-Germain. Papo furado. Convocou o cara porque Lucas estava na Inglaterra, caminho da Seleção para a Arábia Saudita, local dos amistosos com sauditas e argentinos.

Bandeira de Mello não se elegeu deputado e trata agora de outra eleição, a do Fla, em dezembro, que promete ser das mais acirradas.

BOLA fora

A CBF determina que, no seu calendário de 2019, os jogos começarão, no máximo, às 21h30. Alega pedido dos jogadores. O que será que eles querem fazer com esses 15 minutos?

BOLA DENTRO

O lateral Branco disse que futebol é como um viaduto: uma hora você está em cima; na outra, está embaixo. Digão, zagueiro do Fluminense, confirma isso. Está jogando muito.

DUPLA FLA-FLU SONHANDO ALTO

As goleadas do Flamengo 3 a 0 em cima do Corinthians e do Fluminense 4 a 0 sobre o lanterninha Paraná, no Maracanã esquentaram, e muito, o Fla-Flu, clássico das multidões, que tem a cara do Rio com domingos de sol e que, sabe-se lá porquê, será realizado no sábado à tarde. O Fluminense com Marcelo Oliveira vem ganhando posições importantes na tabela. O Flamengo com Dorival Júnior na cabine de comando está olhando para cima e querendo bem mais, sonhando com o título brasileiro, tal qual o alpinista para quem só o cume interessa.

Comentários

Últimas de A Palinha Do Apolinho