Em alta no Bota, Vitinho levanta poeira e recebe elogios de Jairzinho

Novo xodó dos alvinegros é aprovado pelo ídolo Jairzinho, que, com o meia-atacante em campo, sonha até com um título mundial

Por O Dia


Rio - Apenas um homem na história das Copas do Mundo marcou gols em todas as partidas da competição. Jair Ventura Filho entrou na Copa de 1970 como Jairzinho e saiu dela campeão como o Furacão. Quarenta e três anos depois, os torcedores alvinegros voltam a usar o apelido com um jovem, que assim como Jairzinho, começou cedo no clube de General Severiano. Nasce Vitinho Furacão.

As boas atuações do meia-atacante botafoguense vêm encantando torcedores de todo o Brasil, inclusive o Furacão original, que ficou envaidecido com a homenagem.

“Eu me sinto homenageado e espero que ele, com a capacidade que tem, possa dar títulos ao Botafogo como eu dei. Quem sabe até o Campeonato Mundial”, sonha Jairzinho, encantado com a joia que vem sendo lapidada pelo técnico Oswaldo de Oliveira.

Vitinho vive excelente momento e se destaca no BotaCarlos Moraes / Agência O Dia

Jairzinho sabe que a trajetória no futebol não é fácil e vê o jogador em franca evolução. O Furacão não descarta o meia-atacante nem na Copa do Mundo que já bate à porta.

“Ele tem que estar em 2014. Já é melhor que o Hulk. Quero vê-lo na Seleção”, pede o primeiro Furacão, que, em seguida, freia a própria expectativa, salientando que ele está em um processo evolutivo.

“Acho que o Vitinho está crescendo gradativamente na história do futebol carioca. A cada jogo ele tem mais personalidade, está evoluindo física e tecnicamente, e corrigindo a finalização, que era o seu grande defeito. Está usando o drible no momento certo e colocando os colegas para fazer gols. Vai ser um craque no futuro”, elogia.

ELOGIO DOS ADVERSÁRIOS

Blindado pelo clube, Vitinho dificilmente dá entrevistas, mas seus companheiros, e até adversários, não se cansam de elogiar o jogador.

“Gosto muito de jogar ao lado do Vitinho. É um grande jogador, está crescendo muito rápido. Acho que hoje ele é um dos melhores jogadores do Brasil. É uma sorte poder ter Vitinho no nosso grupo”, afirmou Lodeiro.

Treinador do Atlético-MG, última ‘vítima’ do garoto, Cuca também se rende ao talento de Vitinho: “É um jogador diferenciado, uma promessa se lapidando para ser um grande jogador. Não tenho dúvida de que, em termos de mercado, ele será top. Será top porque é de explosão e velocidade. Conclui com as duas pernas, é atrevido”.