Botafogo

Botafogo derrota o Grêmio e garante vaga na Libertadores

Glorioso levou a melhor em Porto Alegre e se classificou para a competição

Rio Grande do Sul - O Botafogo está na Libertadores de 2017. O Glorioso derrotou o Grêmio por 1 a 0 em Porto Alegre e garantiu a vaga na competição internacional. Com o resultado e a combinação, os cariocas terminaram a competição em quinto lugar.

O gol da vitória do Botafogo foi marcado por Bruno Silva na primeira etapa em uma girada do voltante dentro da área. Os gremistas, que já estão na Libertadores, não ofereceram perigo para os donos casa.

O Glorioso ainda jogou todo o segundo turno com um jogador a menos já que Airton foi expulso, após se envolver em uma confusão com Sassá.

Botafogo conseguiu vaga na Libertadores Divulgação

O JOGO

A partida iniciou com o Botafogo naturalmente indo para cima, enquanto o Grêmio tentava apostar nos contra-ataques. Aos três minutos, Sassá bateu com perigo e quase abriu o placar. Aos 14, Emerson Silva cabeceou para fora. Já aos 16, Bruno Silva não desperdiçou. O meia recebeu dentro da área, fez um belo giro e bateu no canto esquerdo para fazer 1 a 0.

O Grêmio só começou a ameaçar a partir da metade do primeiro tempo. Aos 31, Everton tocou para Bolaños, sozinho na meia-lua, mas o atacante mandou por cima do gol. Logo em seguida, aos 33 minutos, o equatoriano desperdiçou nova chance de empatar. Ele recebeu ótimo passe de Caio no meio da área e, na cara do goleiro, bateu em cima de Sidão e a bola saiu para escanteio.

Nos minutos finais, uma "pane" psicológica atingiu o Botafogo. Aos 39, Aírton levou cartão amarelo por fazer cera na reposição de bola. Aos 45, o gremista Negueba fez falta dura em Victor Luís e levou cartão amarelo, mas o lance gerou maior prejuízo ao time carioca. Enquanto o árbitro advertia o jogador da equipe gaúcha, Sassá e Airton discutiram de maneira ríspida e trocaram empurrões. A briga gerou um amarelo para cada e, consequentemente, a expulsão do volante.

Muito irritado com os dois jogadores, o técnico Jair Ventura precisou ser contido pelos atletas na saída para o intervalo. Na volta a campo, o atacante Sassá foi substituído pelo volante Rodrigo Lindoso.

Apesar da derrota de momento, a torcida do Grêmio não parecia impaciente ou triste e até chegou a fazer a festa e passou a cantar mais alto aos oito minutos do segundo tempo, quando o Sport fez 1 a 0 sobre o Figueirense, resultado que implicava no rebaixamento do Inter. A festa aumentou mais ainda aos 23, quando o Fluminense abriu o placar contra o time colorado, levando a Arena Grêmio à loucura.

Com um a mais, o Grêmio passou a ter maior posse de bola, mas pouco arriscava no ataque. Aos 27, o Botafogo quase ampliou em cobrança de falta. Camilo bateu com muito perigo e acertou o travessão do goleiro Léo.

Os anfitriões acordaram a partir dos 30, quando até balançaram as redes, mas o gol foi anulado. Bolaños apareceu para aproveitar rebote de Sidão, mas estava impedido no lance. Quatro minutos mais tarde, o goleiro botafoguense apareceu para salvar o time após uma ótima cabeceio do equatoriano.

Quando o sistema de som anunciou o fim da partida entre Inter e Fluminense com o empate por 1 a 1 e o rebaixamento do time colorado, a Arena Grêmio comemorou como se fosse um gol. Ao apito final, mesmo com a derrota, os torcedores celebravam muito o término da temporada com título da Copa do Brasil e a desgraça do arquirrival. Do lado botafoguense também houve muita festa entre os jogadores pela conquista da vaga na Libertadores.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 x 1 BOTAFOGO

Local: Arena do Grêmio (RS)
Arbitragem: Jailson Macedo Freitas (BA)
Público/Renda: 14.101 pagantes (15.634 presentes)/ R$ 355.874,00
Cartões Amarelos: Negueba e Jaílson (Grêmio); Emerson Silva, Sassá e Rodrigo Pimpão(Botafogo)
Cartões Vermelhos: Airton (Botafogo)
Gols: Bruno Silva, aos 16 minutos do primeiro tempo


GRÊMIO - Léo; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Kannermann e Iago; Kaio (Arthur), Jailson, Negueba (Guilherme) e Miller Bolaños; Everton e Henrique Almeida (Batista). Técnico - James Freitas.

BOTAFOGO - Sidão; Alemão (Emerson Santos), Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Airton, Bruno Silva, Diogo Barbosa e Camilo (Pachu); Rodrigo Pimpão, Sassá (Rodrigo Lindoso). Técnico - Jair Ventura.

Com informações do Estadão Conteúdo

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie