Deu zebra! Artilheiro Souza marca e Madureira bate o Botafogo em Moça Bonita

Tricolor Suburbano não tomou conhecimento do Alvinegro e fez 2 a 0

Por O Dia

Rio - O Botafogo começou muito mal o Campeonato Carioca. Jogando nesta quarta-feira em Moça Bonita, em partida antecipada da segunda rodada, o Alvinegro foi supreendido pelo Madureira e foi derrotado por 2 a 0, com gols de Souza e Geovane Maranhão. Agora só resta ao Botafogo tentar a recuperação no Estadual no sábado, contra o Nova Iguaçu, no Engenhão.

Botafogo é surpreendido pelo MadureiraReprodução Twitter

Além de Montillo e Roger, novos contratados que tiveram atuações bem discretas, o Botafogo também promoveu as estreias do goleiro Gatito Fernández e do lateral-direito Jonas, que também tiveram comportamento tímido. O forte calor no bairro de Bangu também dificultou a partida, com um primeiro tempo mais cauteloso em ambos os lados.

Com Montillo bem marcado e Camilo com a seleção brasileira, o Botafogo apostou no trio Aírton, Bruno Silva e Rodrigo Lindoso para abastecer o ataque com Rodrigo Pimpão e Roger, mas sem muito sucesso.

A melhor chance alvinegra surgiu em bola parada, com Jonas e defesa de Rafael Santos. Sem Carli, que ainda não está 100% fisicamente, Renan Fonseca entrou na defesa e falhou na marcação de Douglas Lima, que invadiu a área e perdeu grande chance de gol ao chutar para fora.

Botafogo começou o Estadual com derrotaVitor Silva / SS Press / Botafogo

Em uma das raras aparições, Roger quase marcou. O centroavante aproveitou cruzamento e cabeceou forte. Nova boa defesa de Rafael Santos.

No segundo tempo, o sol deu lugar à chuva. O jogo também melhorou. Aos cinco minutos, Júlio César cobrou falta, Gatito Fernández espalmou, mas Souza não conseguiu completar para o gol

O jogo aéreo, que funcionou bem em 2016, voltou a ser utilizado. Primeiro com Renan Fonseca, em cabeceio para fora, depois com Rodrigo Pimpão. O atacante recebeu cruzamento de Jonas, mas mandou em cima de Rafael Santos.

Souza, ex-Botafogo e Vasco, entrou no segundo tempo e precisou de 24 minutos para abrir o marcador. Após vacilo defensivo, Ruan aproveitou o espaço pela direita e cruzou para o centroavante fazer Madureira 1 a 0.

O gol trouxe um pouco de desespero ao Botafogo, que não demorou a lançar Sassá, mais um atacante em campo. Com três na frente, o time pressionou, mas abriu espaço na defesa. Foi assim que Souza fez a diferença novamente. Aos 33, o centroavante recebeu a bola e deu belo passe para Geovane Maranhão tirar de Gatito Fernández e fazer 2 a 0.

Além do nervosismo, a falta de entrosamento fez a diferença. Sem conseguir uma boa troca de passes, o Botafogo insistiu no jogo aéreo, mas sem sucesso. Na última jogada do confronto, Montillo recebeu passe de Leandrinho, mas errou o drible e frustrou o torcedor alvinegro na estreia no Campeonato Carioca.

FICHA TÉCNICA

MADUREIRA 2 x 0 BOTAFOGO

MADUREIRA - Rafael Santos; Ruan, Diego Guerra, Jorge Felipe e Wellington Saci; William (Ramon), Leandro Carvalho, Luciano e Douglas Lima (Geovane Maranhão); Bruno (Souza) e Júlio César. Técnico: PC Gusmão.

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Jonas, Renan Fonseca, Emerson Silva e Victor Luís; Airton (Sassá), Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Leandrinho) e Montilo; Rodrigo Pimpão (Vinícius Tanque) e Roger Técnico: Jair Ventura.

GOLS - Souza, aos 24, e Geovane Maranhão, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Ruan (Madureira); Rodrigo Pimpão e Jonas (Botafogo).

RENDA - R$ 40.940,00.

PÚBLICO - 1.690 pagantes (2.190 no total).

ÁRBITRO - Luís Antonio Silva dos Santos (RJ).

LOCAL - Estádio de Moça Bonita, em Bangu

Com informações do Estadão Conteúdo