Botafogo

Gatito lamenta falha e diz que Botafogo precisa de calma para vencer o lanterna

Mas, embora tenha admitido o erro ele ponderou que o time alvinegro segue com boas chances de se classificar à Copa Libertadores da América

Rio - O goleiro Gatito Fernández admitiu nesta segunda-feira ter ficado frustrado com a sua falha no sábado, que resultou no gol da vitória do Atlético Paranaense sobre o Botafogo, por 1 a 0, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro.

Gatito Fernández admitiu ter ficado frustrado com a sua falha no sábado Reprodução Twitter

Mas, embora tenha admitido que poderia ter segurado a bola e evitado o gol, ele ponderou que o Botafogo segue com boas chances de se classificar à Copa Libertadores. E explicou que, para isto, o time precisa se reabilitar contra o lanterna Atlético Goianiense na quinta, no Engenhão, pelo Brasileirão. O que, para ele, exigirá paciência.

"Temos que começar com calma. Entramos querendo ganhar muito cedo e é preciso encontrar o momento oportuno para balançarmos a rede e sairmos com a vitória", avaliou o goleiro, em entrevista coletiva, minimizando os protestos da torcida após a última derrota. 

"A reação da torcida é normal. Clube grande é assim e a cobrança acontece quando o time não consegue o resultado, principalmente em casa. Não é só de fora que vem a cobrança. Agora temos que tratar de ganhar para encerrarmos o ano da forma que queremos", acrescentou.

Sobre o erro de sábado, Gatito revelou ter ficado incomodado. "Depois do jogo fiquei chateado por termos perdidos por esse gol Assumi meu erro com meus companheiros, mas agora é uma semana nova. Querendo ou não isso acontece. É virar a página para dar alegrias para a nossa torcida novamente."

O goleiro falou ainda sobre a briga do Botafogo para se garantir na Libertadores. Atualmente em sexto lugar, com dois pontos de vantagem sobre o Vasco, o primeiro fora do G7, a equipe estaria classificada se o Brasileirão terminasse hoje.

"Sabemos que temos que buscar a vitória na nossa casa e também pontuar fora para ficarmos mais folgados na busca pela vaga. A torcida pode ficar tranquila, o nosso grupo está comprometido e queremos voltar à Libertadores. Gostamos de jogar essa competição e vamos buscar isso. Precisamos dos torcedores e daremos o nosso melhor para conseguirmos a vitória", completou.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie