Flamengo

Flamengo chega ao Rio com protesto; Guerrero briga com torcedor

Rubro-negro foi derrotado pelo Santos, nesta quarta-feira, no Pacaembu

Rio - A derrota para o Santos e o momento de instabilidade na temporada pesaram no Flamengo. A equipe foi recebida com protesto no Aeroporto Santos Dumont. Cerca de 20 torcedores hostilizaram os jogadores e o treinador Zé Ricardo. O peruano Guerrero chegou a se exaltar e discutiu com um dos torcedores. 

Os jogadores não falaram com a imprensa nesta volta ao Rio de Janeiro. Cerca de 15 seguranças contratados pelo Flamengo estiveram no local. Um grupo de policiais militares também acompanhou o desembarque da delegação. O técnico Zé Ricardo, principal alvo das críticas dos torcedores, saiu escoltado. 

Diante das cobranças de parte da torcida nesta quinta-feira no saguão do aeroporto, Guerrero não reagiu bem. Ao ouvir críticas de um flamenguista, que pedia para a equipe "dar o sangue" e questionou o salário do peruano, o atacante reagiu e confrontou o torcedor, precisando ser contido por um segurança.

"Você acha que eu não dou o sangue? Está maluco, rapaz?", repetiu Guerrero em algumas oportunidades. Diante da insistência do flamenguista na cobrança, o peruano, então, perdeu a cabeça e esbravejou. "Se você é flamenguista, então torce c... Torce, p.. Seu babaca. Não vem falar m... na minha cara, filho da p...".

O Flamengo perdeu para o Santos, por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu. Com o resultado, a equipe agora ocupa a 5ª posição, 15 pontos atrás do Corinhtians, líder do Brasileirão. A equipe agora enfrentará o Vitória, no próximo domingo, na Ilha do Urubu.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie