Fred marca, Fluminense luta, leva jogo para os pênaltis mas acaba eliminado

Tricolor foi derrotado no tempo normal e nas penalidades

Por O Dia

São Paulo - O Fluminense lutou muito. Com Fred bem longe dos 100%, o Tricolor conseguiu levar a decisão contra o Palmeiras para a penalidades, após a derrota por 2 a 1 no tempo normal, mas, apesar do esforço da equipe, o Tricolor também acabou derrotado na marca da cal por 4 a 1 e o Verdão vai buscar o tricampeonato da Copa do Brasil.

Na final do torneio, o Palmeiras vai enfrentar o Santos. É a primeira vez que duas equipes de São Paulo decidem a segunda mais importante competição do futebol brasileiro.

Fluminense lutou mas acabou eliminado em São PauloNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O JOGO

O jogo começou bastante eletrizante no Allianz Parque. Com dez minutos, as duas equipes criaram chances de gol. Na primeira, o Palmeiras chegou com perigo, após passe de Dudu para Robinho, o jogador do clube paulista chutou e Cavalieiri fez grande defesa. O Fluminense respondeu logo depois em cobrança de falta, que a zaga do Verdão desviou contra o próprio patrimônio e Fernando Prass fez bela defesa.

Porém, o Fluminense teve um apagão e o Palmeiras abriu vantagem. Aos 13 minutos, a zaga do Tricolor falhou, a bola sobrou para Lucas, que cruzou na medida para Barrios, que colocou a bola no fundo das redes. Dois minutos depois, Gabriel Jesus foi lançado e derrubado no limite da área. O árbitro marcou pênalti, gerando revolta nos tricolores. Na cobrança, Zé Roberto bateu, Cavalieri defendeu, mas Marlon falhou e Barrios aproveitou novamente.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Com a vantagem, o Palmeiras diminuiu o ritmo e o Fluminense conseguiu se organizar. A melhor chance do Tricolor aconteceu aos 28 minutos. Scarpa girou bem dentro da área e bateu forte, Prass fez bela defesa, Vinícius ainda tentou no rebote, mas isolou. Antes do intervalor, o Alviverde chegou com perigo de novo. Matheus Sales fez boa jogada pela esquerda e bateu cruzado, Barrios tentou completar, mas acabou chegando atrasado na jogada.

O Fluminense voltou com uma mudança para o segundo tempo. Marcos Junior não aguentou e acabou substituído por Vinícius. O Tricolor conseguiu manter a posse da bola, mas ainda tinha muitas dificuldades para criar boas chances de gol. Depois, Oswaldo entrou no lugar de Breno Lopes.

Fred insistia para ficar em campo. Eduardo Baptista tirou Vinicius e colocou Magno Alves em campo. Na primeira jogada com o experiente atacante, Fred apareceu livre dentro da área para cabecear para os fundo das redes, após cruzamento de Gerson.

Nos minutos finais, ambas as equipes demonstraram muito cansaço. A partida ficou bastante aberta, mas com muitos erros de passe. O Palmeiras chegou a balançar as redes com Dudu, mas o jogador estava impedido e a arbitragem anulou a jogada. Depois Fred teve uma grande chance, mas chutou em cima de Prass, que fez grande defesa.

Penalidades:

Rafael Marques abriu a série batento muito bem para o Palmeiras. Depois Jean foi para a bola e deslocou o goleiro Fernando Prass. Jackson cobrou bem de novo colocando no campo diferente que Cavalieri caiu. Gustavo Scarpa cobrou mal e Fernando Prass fez a defesa. Cristaldo foi para cobrança e novamente bateu no canto oposto de Diego Cavalieri. Gum foi para a bola e isolou. Coube ao argentino Allione definir a vaga para o Palmeiras com uma bomba.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 1 FLUMINENSE

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Renda/Público: R$509.892,03/12.460 pagantes
Cartões Amarelos: Jackson (PAL); Wellington Silva e Fred (FLU)
Cartões Vermelhos:
GOLS: Lucas Barrios, 13'/1ºT (1-0); Lucas Barrios, 17'/1ºT (2-0); Fred, 25'/2ºT (2-1)

PÊNALTIS:

Palmeiras: Rafael Marques (Gol), Jackson (Gol), Cristaldo (Gol) e Allione (Gol)

Fluminense: Jean (Gol), Gustavo Scarpa (Errou) e Gum (Errou)

PALMEIRAS: Fernando Prass, Lucas, Vitor Hugo, Jackson e Zé Roberto; Amaral, Matheus Sales e Robinho (Rafael Marques, 17'/2ºT); Dudu, Lucas Barrios (Cristaldo, 38'/2ºT) e Gabriel Jesus (Allione, 29'/2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Marlon e Breno Lopes (Osvaldo, 16'/2ºT); Jean, Cícero, Vinícius (Magno Alves, 23'/2ºT) e Gustavo Scarpa; Marcos Junior (Gerson, intervalo) e Fred. Técnico: Eduardo Baptista