Fluminense

Abel afirma que arbitragem resolveu o jogo para o Cruzeiro contra o Fluminense

Expulsão de Marlon no segundo tempo complicou o jogo para o Tricolor

Minas Gerais - Sem Sornoza e Henrique Dourado, o Fluminense saiu de campo derrotado para o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Apesar das dificuldades da partida, o clube carioca teve a chance de conseguir um resultado melhor. O Tricolor saiu na frente, mas acabou tendo Marlon expulso e não resistiu aos mineiros no segundo tempo. O lance foi visto como determinante por Abel.

Sem querer entrar no mérito se a decisão do árbitro André Luiz de Freitas Castro foi correta, o técnico do Fluminense questionou a participação do auxiliar de fundo no lance que acabou deixando o Tricolor com um jogador a menos.

Abel viu o Fluminense com as melhores chances no jogo de Minas Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"A gente não saiu do lugar, a nível de rebaixamento foi bom, porque é menos um jogo, se manteve a distância. O Cruzeiro valorizou a bola, porque não é uma questão de sofrer o gol, é como sofreu, depois de um problema terrivel na expulsão. O árbitro disse que não era pra amarelo. A figura máxima, que comanda, é o arbitro. Ele diz que não é lance para amarelo, pode o de trás falar, mas ele tem ou não tem autoridade para resolver? Ali resolveu o jogo, ficou complicado com o 2 a 1. Para nós, o jogo teve 57 minutos", afirmou.

Sobre a partida, Abel Braga gostou da atuação dos seus comandados quando as duas equipes estavam com 11 jogadores. Para o técnico, o Fluminense não se omitiu e teve chances até de vencer a partida no Mineirão.

"Nós tivemos as melhores chances. No primeiro tempo foram duas opções mal feitas, poderíamos ter feito mais gols, o jogo se resume até 12 minutos do segundo tempo, na expulsão. O Fluminense foi muito bem até a expulsão", disse.

Relacionadas

    Comentários

    Mais lidas

      Escolha do Editor

        Newsletter

        Receba gratuitamente o melhor conteúdo de O DIA no seu e-mail e mantenha-se muito bem informado

        • Anuncie também pelo DIAFONE(21) 2532-5000
        Anuncie