Fluminense se reúne para discutir atrasos salariais

De acordo com portal, diretoria ainda deve dois meses, mais férias e 13º salário

Por O Dia

Pedro Abad, presidente do Fluminense
Pedro Abad, presidente do Fluminense -

Rio - Em boa fase dentro de campo, o Fluminense ainda está longe de viver caminhos tranquilos fora dele. De acordo com o site "NetFlu", a diretoria do clube teria se reunido com lideranças do elenco para debater  o pagamento de parte dos dois meses dos salários atrasados, além de férias e 13º salário.

De acordo com o portal, teria sido prometida uma solução em curto prazo e a diretoria acredita que não haverá problemas entre os jogadores diante dessa questão. O encontro teria contado com a participação do presidente tricolor, Pedro Abad, do diretor de futebol, Paulo Angioni, e do vice de futebol, Fabiano Camargo.

O Fluminense aguarda, dentre outras coisas, o dinheiro da venda do jovem zagueiro Ibañez para o Atalanta, visando a quitação dos atrasados com os atletas e funcionários.

Comentários